• Na virada de ano deve ter chuva rápida e temperatura amena na maior parte de SC

Na virada de ano deve ter chuva rápida e temperatura amena na maior parte de SC

30 Dez, 2023 10:59:21 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

Neste sábado (30/12/2023), o avanço de uma massa de ar seco deixa o tempo firme na maior parte de Santa Catarina, com predomínio de sol no Grande Oeste e variação de nebulosidade nas áreas litorâneas, onde os ventos sopram de sul com rajadas entre 45 e 65 km/h. Entretanto, as condições mudam para o último dia do ano. O domingo, dia 31 de dezembro, amanhece com sol na região do Grande Oeste, mas no período da tarde, não se descarta a ocorrência de chuva fraca de forma isolada.

Em contrapartida, nas áreas dos planaltos, litoral e em todo o Vale do Itajaí, a nebulosidade persiste durante todo o dia, podendo ser observada chuvas rápidas durante a manhã e a noite, inclusive no horário da virada do ano. O tempo mais fechado no litoral e áreas próximas faz com que as temperaturas fiquem mais amenas, com máximas entre 20°C e 26°C.

Apenas nas regiões do Extremo Oeste que as temperaturas se aproximam dos 30°C. Nesse período, o mar fica mais agitado na costa catarinense com ondas de sul entre 2,0 e 3,0 metros com risco moderado para ocorrências associadas à agitação marítima, especialmente entre o Litoral Sul e Florianópolis.

O dia 1º de janeiro de 2024 segue com o tempo mais úmido, a nebulosidade é presente ao longo do dia e as temperaturas ainda seguem amenas em relação aos extremos de calor observado nestas últimas semanas. Entre a tarde e a noite, aumentam as condições para pancadas isoladas de chuva em todas as regiões. As chuvas isoladas previstas para todo o período não devem trazer riscos para danos associados às condições de tempo, já que devem se apresentar de forma fraca e sem acumulados significativos.

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança
EXPRESSO COLETIVO ICARENSE