• Labioplastia auxilia na busca pelo bem-estar feminino além da estética

    A ginecologista Gabriela Effting Crema trata do assunto e fala sobre procedimento cirúrgico.

Labioplastia auxilia na busca pelo bem-estar feminino além da estética

15 Abr, 2024 10:40:33 - Saúde

Criciúma (SC)

Buscar se olhar no espelho e se sentir bem consigo mesma é o objetivo de diversas mulheres no país. Estar confortável com o seu corpo, quebrar tabus e tentar o melhor para si tem sido a busca para as mulheres. E essa busca pode ter como maior aliado um procedimento cirúrgico.

A labioplastia é um procedimento cirúrgico que visa a alteração estética ou funcional dos lábios vaginais, também conhecidos como pequenos ou grandes lábios. Essa cirurgia pode envolver a redução, remodelação ou rejuvenescimento dos lábios vaginais, conforme as necessidades e desejos da paciente. Apenas em 2020, este procedimento foi feito por 20.334 mulheres no país, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps).

“Existem diferentes motivos pelos quais uma mulher pode optar por realizar a labioplastia. Alguns dos principais motivos incluem desconforto físico causado por lábios vaginais grandes ou assimétricos, dificuldade na prática de atividades físicas ou durante relações sexuais, constrangimento ou baixa autoestima relacionados à aparência dos lábios vaginais”, explica a ginecologista Gabriela Effting Crema, da clínica Belvivere.

A labioplastia pode ajudar a melhorar a qualidade de vida e a autoconfiança da paciente. “A cirurgia deve ser feita única e exclusivamente por um desejo da paciente, o objetivo não é estabelecer um padrão estético para a região genital, e sim, ajudar essas mulheres a resolverem suas dores, sejam físicas ou emocionais”, comenta a ginecologista.


Como é feita a cirurgia íntima feminina?

A cirurgia íntima feminina, incluindo a labioplastia, é realizada por um médico ginecologista com atuação em cirurgia plástica íntima. “O procedimento pode ser feito com anestesia local ou geral, dependendo da preferência da paciente e da complexidade do caso. Durante a cirurgia, o médico remove o excesso de tecido dos lábios vaginais, remodelando-os conforme o desejo da paciente. A técnica utilizada varia conforme as características individuais de cada paciente”, detalha. 

Conforme Gabriela, o tempo de duração da labioplastia pode variar de acordo com a complexidade do caso e a técnica cirúrgica utilizada. Em média, o procedimento leva de 1 a 2 horas. “No pós-operatório da labioplastia, é comum ocorrer inchaço, desconforto e sensibilidade na região genital. A paciente vai de alta com prescrição de medicamentos para aliviar esse desconforto, além de orientação para realização de gelo local”, afirma.

Segundo a ginecologista, é importante seguir todas as orientações médicas, como repouso adequado, evitar atividades físicas intensas e manter a higiene local adequada. “É recomendado o uso de roupas íntimas confortáveis e evitar relações sexuais durante o período de recuperação. De forma geral, recomendamos um repouso relativo de 10 a 15 dias, e cerca de 30 a 45 dias para a volta às atividades físicas e sexuais”, frisa. 

É necessário centro cirúrgico? 

A ginecologista explica que na maioria das vezes, o procedimento é realizado no consultório. “Na nossa prática cirúrgica, realizamos o procedimento com anestesia local no consultório, utilizando um laser de CO2, o que ajuda a melhorar a cicatrização, diminui sangramentos e complicações. Dessa forma, a paciente não necessita passar por todo processo de internação hospital e consegue ir de alta caminhando no mesmo dia”, adianta. “Também é possível, além da anestesia local, administrarmos anestesia inalatória com óxido nitroso. Em pacientes com casos mais complexos, ou com desejo de anestesia geral, a labioplastia é realizada em centro cirúrgico hospitalar”, acrescenta.

É um procedimento recomendado para quais pacientes?

De acordo com Gabriela, a labioplastia é recomendada para pacientes que apresentam desconforto físico ou emocional relacionado ao tamanho, formato ou assimetria dos lábios vaginais. “É importante que a paciente tenha expectativas realistas e converse com um médico ginecologista especializado em cirurgia íntima para avaliar se a labioplastia é a melhor opção para ela. Cada caso deve ser avaliado individualmente, levando em consideração a saúde geral da paciente e suas necessidades específicas”, garante.

A ginecologista ressalta que o procedimento apenas deverá ser realizado por desejo da paciente, nunca por pressões externas ou estéticas de terceiros. Por isso, é essencial a avaliação por um médico de confiança e capacitado.

“Após a realização da cirurgia, avaliamos a paciente no pós operatório em 7 e 30 dias. Porém, o resultado final é obtido cerca de três a quatro meses após, quando todo o tecido já está completamente cicatrizado e o inchaço diminui completamente. Mas claro, ao final de 30 dias já temos uma boa ideia de como será o resultado”, pontua.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança
coopercocal