• COLUNA DO MASO NYETTO - Dia 22 de abril de 2020

COLUNA DO MASO NYETTO - Dia 22 de abril de 2020

22 Abr, 2020 18:55:31 - Colunistas

Frase: "Seria uma baita sacanagem se eu votasse não. Eu não quero saber quem tem dinheiro hoje. Eu quero dinheiro para a minha cidade." Vereador Lauro José Nogueira (PT), sobre a votação do empréstimo de R$ 30 milhões, metade na Caixa e e a outra parte no Banco do Brasil, no final de março.

O Partido da Social Democracia Brasileira  (PSDB)
vive momento de crescimento em Içara (SC). Sem titularidade no Poder Legislativo, a sigla tucana passou a ter três vereadores com Silva Mendes, a Marreca, (ex-PP), Márcio Dalmolin (ex-PSD)e Valdelir Da Rolt (ex-PSD) projeta aumentar este espaço no próximo mandato, com as eleições municipais de 2020. O próximo passo é eleger o diretório e a executiva municipal. O presidente é o empresário Dilnei Mendes, que é primo de Sílvia Mendes. Na última eleição os tucanos coligaram com o MDB e muitas lideranças mantém cargos no governo, ao contrário de Dalmolin e Da Rolt, que tiveram servidores de confiança exonerados pelo chefe do Executivo.

O Hospital São Donato (HSD)
conta com dois leitos ocupados para tratamento de suspeita ou diagnóstico de coronavírus. Está em isolamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) um homem de 46 anos, residente em Sangão (SC) com resultado positivo para coronavírus (covid-19). Ele permanece sob ventilação mecânica. Um içarense, com idade de 56 anos, também foi isolado na UTI, neste caso, sob suspeita de covid-19. Ele também está entubado e aguarda o resultado o exame do Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen). Fora da UTI, não há ninguém na clínica médica. Até então na ala de isolamento, uma mulher de 70 anos, de Içara, foi encaminhada para isolamento domiciliar à espera do resultado do exame.

Santa Catarina
registrou 1.115 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (22/4), segundo o governador Carlos Moisés (PSL). O coronavírus já causou 39 mortes no estado desde o início da pandemia. As mortes mais recentes foram as de dois homens do Sul do Estado, um de Balneário Arroio do Silva (SC), 81 anos, e outro de Cocal do Sul, 68. Ambos apresentavam comorbidades ( ocorrência de duas ou mais doenças relacionadas no mesmo paciente)

O governador Carlos Moisés
lamenta o falecimento do empresário Mário Petrelli, 84 anos, fundador e presidente emérito do Grupo ND. Com 45 anos de atuação na área da comunicação, Petrelli deixa um legado de defesa da democracia e da liberdade de expressão em Santa Catarina. Por conta do falecimento, o Governo do Estado decretará luto oficial por três dias. A Administração Estadual reforça o sentimento de pesar e envia as condolências à família. Ele é natural de Florianópolis (SC). Infelizmente o que vale é o peso do padrão social, pois, os mortos pelo covid-19 no Estado não tiveram o mesmo tratamento por parte do Governo Estadual. Até superarmos essa pandemia a bandeira do estado deveria ficar em meio mastro.

O vereador Márcio Dalmolin (PSDB)
retornou a Câmara Municipal de Içara (SC), após quase dois anos afastado devido processo judicial. Uma liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ) publicada em 7 de abril autorizou o retorno às atividades legislativas.Com o habeas corpus em manifestação monocrática do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, a primeira suplente da coligação "Juntos Por Içara, a vereadora Edna Benedet da Silva (PC do B) deixou o Poder Legislativo. A decisão - publicada pelo Superior Tribunal de Justiça não isenta o edil da condenação pela acusação de desvio de recursos públicos, mas define que o efeito da sentença valerá somente após o trânsito em julgado. A condenação criminal com a perda do mandato do vereador é atribuída ao uso do salário de assessoras parlamentares para a cobertura de dívidas da campanha de 2012. Pela decisão de primeira instância, o valor de R$ 17.447,53 - ainda a serem corrigidos - deverão ser devolvidos à Câmara Municipal. A quantia corresponde aos depósitos realizados para credores, que a ex-assessora do vereador alega serem relacionados ao pagamento de empréstimos pessoais dela, mas na qual há contestação na delação premiada do ex-coordenador de campanha, Fabiano Possamai Manarin.

O fiscal e advogado Giovani Martins da Silva
assumiu a coordenação do Procon de Içara (SC), após a negativa do suplente de vereador Higor Robetti (MDB) que pretende disputaras eleições de 2020. Martins é uma grande profissional e se identifica com o Procon, pela competência e dedicação. O prefeito rifou o cargo durante três anos por interesse político, mas isso não tira os méritos de Karoline Calegari, que deixou o órgão para ser efetivada na Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda.

Os pré-candidatos a prefeitos de Içara (SC)
Dalvânia Cardoso (PP) e Alex Michels (PSD) estão realizando Live (transmissão ao vivo de áudio e vídeo na Internet, geralmente feita por meio das redes sociais) com temas variados. Seria interessante os demais pré-candidatos a chapa majoritária, entre eles Arnaldo Lodetti Júnior e Sandro Giassi Serafin, ambos do MDB, Joelson Cardoso (PDT), fazerem os mesmos. PT e PSDB ainda não definiram os interessados pela disputa ao Poder Executivo nas eleições deste ano. Mas uma pergunta que não quer calar: será que a pandemia vai adiar as eleições?

Os vereadores de Içara (SC)
aprovaram a transferência de R$ 1,3 milhão do orçamento para as ações de combate ao coronavírus em Içara (SC), na sessão ordinária realiza na última segunda-feira (20/4). O valor estava alocado na Secretaria de Planejamento para a compra da sede própria do Poder Legislativo, mas com a aprovação da emenda ficará à disposição da Secretaria de Saúde. “O Poder Legislativo, vendo a gravidade que essa doença pode causar, resolveu tomar esta decisão de cancelar a compra da sede própria para Câmara Municipal e encaminhar essa verba referente de economias do Legislativo para suprir a necessidade de nossos munícipes, contribuindo em medidas de segurança no enfrentamento do coronavírus”, comenta o presidente da Câmara Municipal, Rodrigues Mendes, o Sapinho (MDB).

Nesta quarta-feira (22/4)
completou a primeira semana da obrigatoriedade do uso de máscaras em Içara (SC) e até o momento não ocorreu nenhuma autuação por parte do Executivo. "Desde o primeiro dia tivemos 99% de adesão. O Município está fazendo abordagem e, quando necessário, realizamos a distribuição de máscaras para aqueles que estão sem", indica o coordenador da Vigilância Sanitária de Içara, Fabiano José Castanhetti. Ao todo, 25 mil máscaras já foram distribuídas na cidade pela Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social junto com as cestas básicas e nas abordagens da Vigilância Sanitária. “Essa prevenção é muito importante tanto para quem usa como aos demais, pois é uma das formas de evitar a disseminação da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Não estamos medindo esforços para adoção de medidas para preservar e assegurar a manutenção da saúde e da segurança dos cidadãos”, pontua Fabiano. Fonte/Canal Içara.

Em falar em máscaras
o governo Municipal pagou bem caro as 1 mil unidades ao valor de R$ 26,90 adquiridas de uma empresa do Rio Grande do Sul. Deveria ter usado a procuradoria do município forçando o fornecedor anterior a cumprir o preço e o prazo de entrega do produto (O município de Içara recebeu de seu fornecedor licitado, que não teria condições de entregar as mascaras NR-95, nem previsão de entrega por falta de produto no mercado doméstico e internacional). 

Em meio a perspectivas de novos cortes de juros
pelo Banco Central (BC), o dólar comercial ultrapassou a barreira de R$ 5,40 e fechou no maior valor nominal – sem considerar a inflação – desde a criação do real. A moeda encerrou a quarta-feira (22) vendida a R$ 5,409, com alta de R$ 0,10 (+1,88%). A cotação ultrapassou os R$ 5,40 no início da tarde. Na máxima do dia, o dólar superou os R$ 5,41. A divisa acumula alta de 34,8% em 2020. A alta poderia ter sido maior caso o Banco Central não tivesse intervindo no mercado. Lembram quando R$ 1 valia um U$ 1. Hoje a cerveja custa US$ 2 (mais de R$ 10), o litro da gasolina já esteve próximo a US$ 1 o litro (baixou recentemente) e ninguém reclama do atual governo. Nem vou falar da alimentação  e nem de outros produtos, caso contrário, o assunto vai se estender.

A Igreja Católica vai manter a realização de missas e celebrações
sem a presença física do público em prevenção a Covid-19. Além disso, seguirá as determinações de segurança para as transmissões pela Internet na Diocese São José de Criciúma (SC). A decisão foi tomada pelo clero com base na recomendação de profissionais da área da saúde e lideranças leigas nesta quarta-feira (22/4). O posicionamento valerá pelo menos até 5 de maio, quando ocorrerá uma reunião para reavaliar a possibilidade de reabertura dos eventos religiosos aos fiéis, conforme já está autorizado - com restrições - por portaria estadual. Por outro lado, os evangélicos abriram as portas para receber os fiéis.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


EXPRESSO COLETIVO ICARENSE
coopercocal