• Vereadores voltam as sessões presenciais sem questionar o Poder Executivo

Vereadores voltam as sessões presenciais sem questionar o Poder Executivo

02 Jun, 2020 16:41:20 - Colunistas

A Câmara Municipal de Içara (SC)
voltou a ter horário político nesta segunda-feira (1°/6) e dos 15 vereadores da Casa Legislativa, apenas cinco usaram a tribuna no horário político para comentar sobre o coronavírus (covid-19). Nenhum deles teve a postura de fiscalizador do Poder Executivo, função para qual foram eleito, e não questionaram as compras de máscaras (R$ 26,90 a unidade (e álcool gel (R$ 20,00 o litro) com valores acima do mercado.

A coligação
entre o Partido Liberal (PL) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT) deve ocorrer no pleito de 2020. Os pré-candidatos à chapa majoritária são o vereador Antônio de Mello (PL) e o empresário e presidente do PDT, Joelson Cardoso, dissidentes do Movimento Democrático Brasileiro.

Até o momento o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) 
confirmou a coligação com o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e PC do B (Partido Comunista do Brasil). O pré-candidato a prefeito é o ex-secretário de Planejamento, Arnaldo Lodetti Júnior.

A Mesa Diretora
do Câmara Municipal retomou as votações das proposições e o espaço destinado ao horário político, na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (1°/6). Durante os trabalhos, os vereadores usaram máscaras de proteção, álcool gel e distanciamento como medidas de segurança para evitar a propagação do coronavírus (covid-19). Foram votados oito indicações, três requerimentos e dois pedidos de informações.

Na oportunidade os parlamentares aprovaram requerimento do vereador Flávio Felisberto, solicitando ao Gerente Regional de Infraestrutura da região Sul, Gustavo Taufembach, o aumento da lombo-faixa em frente à Escola Municipal José Fernandes Silveira, na comunidade da Sanga Funda. “Com a atual faixa elevada os carros não reduzem a velocidade, com isso podendo ocorrer uma fatalidade. Com a medida é possível evitar acidentes e dar mais segurança para as pessoas atravessarem a rodovia”, defende Felisberto.

“Em virtude do cenário epidemiológico apenas os projetos de lei foram votados em um primeiro momento. Agora retornamos a pauta normal, as indicações foram votadas em bloco para agilizar os trabalhos devido à pandemia. As sessões não estão sendo abertas ao público, mas transmitidas ao vivo na página da Câmara no Facebook e site”, comentou o Presidente da Câmara Rodrigues Mendes, o Sapinho.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


GIASSI