• Unimed reforça cuidados e a importância da amamentação

    Hospital Unimed Criciúma desenvolveu ação para orientar e conscientizar colaboradores sobre a prática

Unimed reforça cuidados e a importância da amamentação

29 Mar, 2018 15:36:34 - Geral

Criciúma (SC)

Atualmente, há ainda muitos mitos que envolvem a amamentação. Pensando nisso, o Hospital Unimed Criciúma, por meio da Clínica da Mulher/Berçário, promoveu nessa quarta-feira, 28, evento para orientar os colaboradores em relação ao tema. As atividades foram divididas em dois momentos: orientação e prática. A livre demanda, benefícios, importância e os cuidados ao amamentar, foram alguns dos temas abordados.

“De forma lúdica, apresentamos todas a intercorrências que podem ocorrer com a mãe. Na Escola de Peito, em dez minutos, conseguimos apresentar quais são as funções básicas de como podemos incentivar uma amamentação, desde a “pega” do peito, posição e formato do bico”, explica a enfermeira do Hospital Unimed Criciúma, Lyziane Boer. A orientação é que o bebê mame em livre demanda, mas, que seja uma sucção ativa. Se ele mamar e adormecer em cinco minutos, daqui 40 minutos irá pedir novamente. Então, durante uns 15 a 20 minutos, ele tem que sugar, respirar e descansar, e não dormir no peito”, complementa Lyziane.

“A amamentação não dói. Se fizer uma boa pega e a posição correta, não existe dor ao amamentar. Meu leite é fraco, essa é frase que mais escutamos. O leite não é fraco, é que o leite da mãe é de fácil digestão, então o bebê vai pedir uma nova comida de 3h em 3 horas. Se oferecermos um complemento, que age como uma comida pesada, ele vai demorar mais a pedir. O leite da mãe foi feito para o bebê e está cheio de imunidade, probióticos, vai evitar cólica e aumentar o peso”, conta a enfermeira. Segundo Lyziane, a orientação é que, após a amamentação, deixe o bebê durante 15 minutos em posição vertical, em torno de 45° graus no colo. Para que ele consiga eructar, popularmente chamado de arrotar.

Também durante o encontro, foram apontados os custos que a família pode ter quando iniciado uma alimentação alternativa. “Hoje, temos um alto índice de desmame precoce. O Ministério da Saúde preconiza que até 6 meses o bebê receba apenas o leite materno, mas atualmente temos a introdução de fórmulas, o que gera também muitos gastos à família”, finaliza.

10 benefícios para amamentar

1 . Ajuda na recuperação pós-parto do corpo da mãe
2. A mãe perde peso e o bebê ganha
3. Economia de dinheiro e recursos naturais
4. Dá sensação de saciedade para o bebê
5. Acalma a mãe
6. Pode servir como método contraceptivo para a mãe
7. Protege o bebê de alergias posteriores e infecções
8. Cria um laço entre a mãe e o bebê
9. Ajuda na formação da mandíbula e língua do bebê
10. A longo prazo, as crianças tendem a ficar mais inteligentes

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança