• Unesc desenvolve pesquisa sobre Transtorno Bipolar e busca voluntários

    Doença é caracterizada por mudanças de humor

Unesc desenvolve pesquisa sobre Transtorno Bipolar e busca voluntários

09 Abr, 2018 15:30:53 - Educação

Criciúma (SC)

O Transtorno Bipolar é um transtorno psiquiátrico caracterizado por mudanças no humor. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) ele é a sexta principal doença incapacitante no mundo e está vinculado a muitos casos de suicídio. Estima-se que até 2% da população mundial possua o transtorno, cuja idade média de início dos sintomas é de 25 anos – podendo aparecer na infância e adolescência, ou tardiamente, na vida adulta.

Na Unesc, o assunto é tema de pesquisa desenvolvida pelo Laboratório de Psiquiatria Translacional e Biomedicina Translacional, e envolve estudantes de graduação, mestrado e doutorado em Ciências da Saúde. E para realizar os estudos, o laboratório precisa de voluntários, que podem ser homens ou mulheres acima de 18 anos, possuir ou não diagnóstico de Transtorno Bipolar e estarem dispostos a colaborar com os estudos na área. Eles precisarão apenas passar por uma entrevista e doar 20 ml de sangue. Os resultados da pesquisa serão apresentados ao público, no entanto, os dados pessoais dos participantes serão mantidos em sigilo absoluto.

Conforme a acadêmica de Psicologia da Unesc e bolsista de Iniciação Científica do laboratório Thiani Daminelli, atualmente os mecanismos neurobiológicos e fisiopatológicos que estão envolvidos nessa doença não são estão totalmente compreendidos. “A pesquisa pretende melhor compreender e aprofundar os conhecimentos sobre esse transtorno”.

A também acadêmica de Psicologia e bolsista de Iniciação Científica Tamires Rosa Pacheco explica que ainda não há evidências suficientes para utilizar marcadores biológicos que facilitem o diagnóstico do Transtorno Bipolar. “A pesquisa busca compreender melhor alterações a nível celular e comportamental destes pacientes. Estaremos também investigando se fatores traumáticos podem ser responsáveis pela etiologia destes transtornos”, conta.

Os interessados em colaborar com a pesquisa podem entrar em contato pelos telefones (48) 3431-2618 ou 3431-2643 ou pelo e-mail bipolar@unesc.net.

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança
EXPRESSO COLETIVO ICARENSE