• Tribuna Livre traz o tema Novembro Azul

Tribuna Livre traz o tema Novembro Azul

07 Nov, 2018 14:22:08 - Política

Criciúma (SC)

O mês de novembro visa promover a saúde do homem. Segundo um estudo do Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima-se que até 2019, sejam diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata no Brasil. Esses valores correspondem a um risco estimado de um em nove homens diagnosticado com câncer de próstata durante a vida.

Através desses dados, o Legislativo trouxe o tema Novembro Azul para a Tribuna Livre desta terça-feira (06/11), com o objetivo conscientizar e orientar os homens quanto ao câncer de próstata. A Tribuna solicitada pelo vereador Aldinei Potelecki (PRB), foi conduzido pelo presidente da Rede Masculina de Combate ao Câncer de Criciúma, Márcio Nunes Mariano, e a fisioterapeuta voluntária da rede, Marieli Soares Graciano.

De acordo com o parlamentar, o tema é de extrema importância para ser tratado na Casa. “Tive acesso a uma pesquisa afirmando que os homens não dão importância aos sintomas do câncer de próstata e, além disso, muitos desconhecem os sintomas”.

A Rede Masculina de Combate ao Câncer de Criciúma foi criada há um ano através de voluntários que tem como objetivo trabalhar na prevenção de doenças e na conscientização, oferecendo suporte ao público masculino. “Fomos voluntários da Rede Feminina e observamos que as mulheres cuidam da sua saúde, enquanto nós homens não temos o mesmo cuidado. O homem é mais teimoso, e normalmente, quem o leva para os exames é a esposa, e ela tem trabalho com isso. Precisamos nos cuidar e prevenir a doença”, informou o presidente da Rede, Márcio Nunes Mariano.

A fisioterapeuta voluntária da Rede, Marieli Soares Graciano, também alertou sobre a importância do exame preventivo. “Muitos homens tem essa questão do tabu e do preconceito. Precisamos dar conta, o quanto antes, de um possível câncer de próstata. Existe sim, em nossa cidade, uma grande necessidade de fazer com que a população realize consultas e exames de preventivos. Saúde do homem caminha ao lado da saúde da mulher”, ressaltou.

O vereador Antônio Manoel (MDB) fez uso da tribuna para relatar a descoberta e cura de um câncer de próstata. “Eu aconselho as pessoas a realizar os exames, pois só descobri a doença por conta do diagnóstico. Precisamos acabar com o preconceito”.

Vereador apresentará requerimento para criação de comissão a respeito do serviço aeromédico

O Vereador João Batista Belloli (MDB) voltou a utilizar seu tempo no Horário Político desta terça-feira (06/11) para atualizar informações a respeito da implantação do serviço aeromédico na região. Belloli colocou aos demais parlamentares sobre a criação de uma comissão a respeito do assunto.

“É injusto pararmos esse assunto. Estarei fazendo requerimento na próxima sessão e peço que todos votem a favor da criação dessa comissão. É importante, não só para Criciúma, mas para todas as cidades da região”, adiantou.

Vereador solicita construção de abrigo de passageiros em parada de ônibus

Na Sessão desta terça-feira (06/11) o vereador Marcos Meller (PSDB) apresentou requerimento ao Executivo verificando a possibilidade da instalação de um abrigo de passageiros na parada de ônibus existente na Rua Libano José Gomes, cruzamento com a Rua Darci João Bianchini, no bairro Jardim União.  

Conforme o parlamentar, a implantação da cobertura é necessária, pois atualmente só há disponível um banquinho de madeira, fazendo com que as pessoas tenham que esperar o ônibus expostas às condições climáticas. A proposição foi aprovada por unanimidade.

Vereador solicita base da Polícia Militar no centro da cidade

A instalação de uma base da Polícia Militar no centro da cidade de Criciúma foi pauta do requerimento do vereador Júlio Kaminski (PSDB) apresentado na Sessão desta terça-feira (06/11). Em documento direcionado ao 9º Batalhão de Polícia Militar, o parlamentar questiona a possibilidade da instalação e questiona se existem estudos neste sentido, por parte da PM. A proposição foi aprovada por unanimidade.

Complexo Nereu Guidi: Vereador solicita prestação de contas

Em outro requerimento, o vereador questionou o Município quanto à aplicação do valor arrecadado com a venda Complexo Educacional Nereu Guidi, localizado na Rua Araranguá para a Unesc.

O vereador questiona quais as escolas contempladas com a verba da venda, o valor total repassado para as escolas e o valor para cada escola. “Como membro da comissão de educação, tivemos reunião com secretária de Educação, tinha rascunho de escolas e valores que vieram com a venda do local. Foi feito planejamento por escola. O que estou pedindo é que venha documento oficial. Se houve investimento”, comentou o autor, pedindo para acrescentar ainda o valor da venda. Vereadores colaboraram com as discussões.

Parlamentar questiona reforma de escola

O vereador Pastor Jair Alexandre (PSC), na Sessão desta terça-feira (06/11), apresentou requerimento ao Executivo questionando a execução de reforma na Escola Eliza Sampaio Rovaris, localizada no Bairro Tereza Cristina. O parlamentar questiona a existência de projeto e data para início de uma possível obra. “Não se pode abandonar aquele local e deixar a depredação. Questionou a secretaria de educação, uma vez que era previsto investimento de R$ 1,130 milhão no local, que tinha o objetivo de reformas gerais. Do jeito que está não dá para ficar e os moradores estão preocupados”, disse. Vereadores também subiram na tribuna para contribuir com o questionamento.

Aprovado Projeto que proíbe construção de pontes de madeira em áreas urbanas

Foi aprovado por unanimidade na Sessão desta terça-feira (06/11), o Projeto de Lei nº 092/2018 de autoria da vereadora Geovana Zanette (PSDB) que proíbe a construção ou a autorização de construção, pelo poder público, de pontes de madeira nas áreas urbanas do Município. A matéria teve parecer de ilegalidade, que foi derrubado por unanimidade.

Conforme a matéria, as pontes deverão ser construídas, preferencialmente, em concreto moldado in loco ou pré-moldado, ou ainda em técnica comprovadamente com igual segurança e durabilidade. Quanto às pontes de madeira já existentes, o projeto prevê que sejam mantidas ‘até o esgotamento da sua vida útil’.

A autora da proposta, vereadora Geovana Zanette, reforçou ainda que em casos de catástrofes naturais, pontes de madeira poderão ser construídas em caráter provisório e a substituição por material adequado não poderá exceder o prazo de 120 dias.

TEXTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA 
FOTO/ CLARA FERNANDES

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

CDL Içara