• Tragédia em creche de Minas deixa 7 mortos e 43 feridos

Tragédia em creche de Minas deixa 7 mortos e 43 feridos

06 Out, 2017 14:45:05 - Brasil

A tragédia na cidade mineira de Janaúba - quando o segurança de uma creche ateou fogo em crianças - deixou sete mortos e 43 feridos. Os pacientes mais graves são 13 e foram todos encaminhados para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, referência em queimaduras no Estado.

Outras vítimas foram transferidads para Montes Claros e 13 permanecem no município. As informações foram divulgadas hoje (6) em entrevista coletiva que reuniu autoridades na prefeitura da cidade. O governador Fernando Pimentel esteve em Janaúba para acompanhar os trabalhos de assistência aos feridos e aos familiares das vítimas

Na manhã de ontem (5), o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na escola na qual trabalhava e ateou fogo nas crianças e em si mesmo. O vigia foi uma das vítimas fatais. Também morreu a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que chegou a tentar impedí-lo fisicamente, e que ajudou no resgate de crianças.

A creche Gente Inocente, do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI), no bairro Rio Novo, é pública e recebe crianças de zero a seis anos. Além do vigia e da professora, morreram Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos; Luiz Davi Carlos Rodrigues, 4 anos; Juan Pablo Cruz dos Santos, 4 anos; Juan Miguel Soares Silva, 4 anos; Renan Nicolas Santos, 4 anos.

O médico responsável pela equipe médica que atendeu as vítimas, Helvécio Albuquerque, disse que graças à "atuação conjunta de polícias, Corpo de Bombeiros, profissionais da saúde e,de voluntários, além da sociedade civil, foi possível fazer todos os atendimentos e encaminhamentos necessários".

Segundo Albuquerque, além do atendimento imediato, as vítimas vão precisar de uma série de cuidados, devido às queimaduras, e de acompanhamento psicológico, tanto para as vítimas quanto para as famílias. Segundo Albuquerque, quatro pessoas estão com 80% ou mais do corpo queimado, sendo que queimaduras que atingem acima de 70% do corpo são consideradas gravíssimas.

A prefeitura reforçou a necessidade de doações, que servirão tanto para questões imediatas quanto para garantir a qualidade do acompanhamento futuro das vítimas e famílias. Até o momento, foram arrecadados R$ 177 mil. A prestação de contas deverá ser feita mensalmente ao Ministério Público.

TEXTO E FOTO/TERRA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança