• Trabalho conjunto permite 13 captações de múltiplos órgãos

Trabalho conjunto permite 13 captações de múltiplos órgãos

01 Jun, 2018 15:12:41 - Saúde

Florianópolis (SC)

A SC Transplantes trabalhou intensamente nos últimos dias para garantir 13 doações de múltiplos órgãos e tecidos para pacientes de diversos municípios de Santa Catarina. Ações de logística para atender à complexidade dos procedimentos de transplantes foram coordenadas juntamente com o Comitê de Crise, em meio à paralisação dos caminhoneiros.

Entre os dias 22 e 30 de maio foram realizadas 13 doações, possibilitando órgãos a sete receptores de fígado, 20 receptores de rim, 12 receptores de córnea, além de um transplante de coração e outro de pulmão. As duas últimas operações foram realizadas na madrugada de quarta-feira em municípios do interior do Estado.

Cooperação

Questões de logística para o transporte de pacientes, além do deslocamento das amostras biológicas e insumos como líquidos de perfusão de órgãos, foram solucionadas com o trabalho conjunto dos integrantes das equipes do SC Transplantes e do Comitê de Crise criado pelo Governo do Estado, que operou 24 horas por dia.

De acordo com as informações do coordenador da Central de Transplantes, Joel de Andrade, as operações conduzidas no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD), em Florianópolis, foram fundamentais para que as todas as doações e transplantes obtivessem sucesso.

“Destacamos o empenho de todo o pessoal envolvido na coordenação e de todos os integrantes das equipes de transplantes”, disse.“Também é preciso destacar a atuação da rede hospitalar de Santa Catarina e o apoio de nossas Polícias, Bombeiros, Defesa Civil e das estruturas das Gerências Regionais de Saúde, além do envolvimento direto de várias gestores dos municípios envolvidos. Queremos muito agradecer toda a cooperação que tornou possível superar as dificuldades e salvar vidas”.

SC é referência

Santa Catarina é o estado do Brasil com maior número de transplantes, com números recordes. No último ano, o sistema registrou 282 doadores de múltiplos órgãos, o que representa três vezes mais que a média brasileira comparando ao número de habitantes.

“Durante o período de crise mantivemos doações e transplantes em níveis que nos permitem os melhores resultados do Brasil honrando a necessidades dos nossos pacientes e daqueles que nos procuram”, destacou Andrade. “Essa complexa atividade da saúde pública de Santa Catarina superou o desafio desta semana obtendo com muita ajuda externa os melhores resultados.”

A SC Transplantes - Central Estadual de Transplantes de Santa Catarina foi criada em 1999, faz parte da estrutura da Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina e funciona como agência executiva do Sistema Nacional de Transplantes.

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança