• SINDMA vai às ruas demonstrar insatisfação contra reformas

SINDMA vai às ruas demonstrar insatisfação contra reformas

30 Mar, 2017 15:32:43 - Geral

Araranguá (SC)

Depois de encerrar as negociações com a prefeitura,  aceitando em decisão democrática ocorrida na assembléia geral da categoria, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araranguá (SINDMA) direciona suas ações para outros objetivos, que incluem o envolvimento direto em questões coletivas de âmbito nacional.

Nessa quinta-feira, o presidente do SINDMA, professor Fernando Espindola, revelou que, a entidade continua incentivando a campanha contra a aprovação da PEC 287/2016, que estabelece à Reforma da Previdência. “Ao lado dos integrantes do Fórum Municipal contra á reforma, já realizamos seminário, distribuímos material impresso, além de participarmos de atos nas câmaras de vereadores de Araranguá e Maracajá, o que culminou com a aprovação de moções de repúdio, documentos enviados ao Congresso Nacional”, lembrou.


Inversão de prioridade


Fernando também salientou que, o SINDMA apóia e desenvolve atividades contra outras propostas do governo federal que tramitam na esfera política. “Somos totalmente desfavoráveis as reformas Trabalhista (PL 6787) e Sindical. Estas matérias estão em trâmite. Lamentamos a decisão do PL.302, que autoriza terceirização e foi aprovado na semana passada. O governo deseja retirar direitos conquistados, afetado diretamente à classe trabalhadora. Na verdade, o que as autoridades deveriam priorizar -, que são as reformas Política e Tributária -, não o fazem”, enfatizou.

Dia “D”

O presidente do sindicato disse que, a entidade não vai aceitar de maneira inerte esta ingerência. Ele afirmou que categoria está mobilizada e fez uma convocação para demonstrar a insatisfação contra os planos do governo federal. “Em 28 de abril, às vésperas do Dia 1º de Maio (data dedicada ao trabalhador), vamos aderir ao Movimento Nacional de Protesto e Paralisação. A manifestação começará nos municípios, passando pelos estados e englobando todo o país”, ponderou.  

Alerta ao governo

Conforme o sindicalista, a movimentação popular será pacífica e organizada, porém tem como objetivo alertar o governo federal de que, a sociedade e os trabalhadores não aceitam as propostas de reforma que o Executivo Nacional pretende impor aos brasileiros. O SINDMA defende a mesma filosofia da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), órgão ao qual é filiado.


TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/ DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews