• Sentimento de dever cumprido

Sentimento de dever cumprido

12 Mar, 2018 11:09:05 - Artigo

Crise, desequilíbrio e muita incerteza. Os últimos três anos foram turbulentos, marcados pela pior recessão da história do Brasil. A produção e a renda no país encolheram 8,2%, o Produto Interno Bruto (PIB) registrou queda de 8,6%. O desemprego cresceu 86,4% atingindo, em seu ápice, 13 milhões de pessoas. Números desanimadores que nem os mais pessimistas poderiam prever.

Também há exatos três anos decidi assumir um desafio, o maior da minha vida pública. Eleito deputado estadual por dois mandatos consecutivos, assumi o risco de ser gestor e aceitei o convite do governador Raimundo Colombo para ser secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS). Sabíamos das dificuldades e, mesmo nos piores momentos, jamais pensamos em desistir. Quando entramos em um novo projeto, acreditamos do começo ao fim. Acreditamos, sobretudo, que persistência, gestão e seriedade são as principais armas para combater as adversidades.

Neste período, conseguimos ser o Estado que mais criou empregos e crescemos mais de 16% no número de novos negócios, registrando 242 mil novas empresas. Ano passado, conquistamos o maior avanço da atividade econômica e o maior crescimento das vendas no varejo. No PIB, a projeção de crescimento do Estado é superior a 4% para 2017, enquanto a economia do país avançou apenas 0,97%.

Os resultados positivos são esforços de todos, do poder público que vem cumprindo seu papel, e principalmente, da sociedade catarinense, que não desanimou. Da nossa parte, trabalhamos para consolidar os bons índices ou, pelo menos, minimizar os efeitos da crise. Levantamos a bandeira da simplificação com o SC Bem Mais Simples, apostamos no desenvolvimento por meio de fontes renováveis com o SC+Energia, assinamos o Pacto pela Inovação no compromisso de unir entidades públicas e privadas, lançamos o Geração TEC 2.0 e estamos entregando os Planos Estaduais de Recursos Hídricos e de Resíduos Sólidos para garantir o futuro das próximas gerações. Aprimoramos diversas ações, entre as quais o Juro Zero, os Centros de Inovação e o Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec).

Segundo Winston Churchill, “não adianta dizer: Estamos fazendo o melhor que podemos. Temos que conseguir o que quer que seja necessário”. É no que acreditamos. Nem todos os resultados poderão ser colhidos agora, contudo, trabalhamos arduamente para manter o equilíbrio em Santa Catarina, para fazermos diferente e sermos a diferença. Hoje e para o futuro.

Carlos Chiodini
Secretário do Desenvolvimento Econômico
Sustentável de Santa Catarina

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews