• Semana de Segurança começou nessa segunda-feira

Semana de Segurança começou nessa segunda-feira

24 Jul, 2017 15:22:13 - Geral

Florianópolis (SC)

Atividades rotineiras como soltar pipa, realizar manutenção predial ou podar árvores próximo à rede elétrica podem significar risco de morte se não forem tomados os cuidados necessários. É por isso que de 24 a 28 de julho a Celesc integra a 11ª Semana Nacional de Segurança promovida pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), que tem por objetivo conscientizar a população sobre os riscos da eletricidade. A campanha da Celesc inclui distribuição de material educativo e orientação dos consumidores com ações organizadas nas 16 agências regionais de Santa Catarina.

Em 2016, foram registradas 240 mortes de consumidores decorrentes de acidentes com eletricidade no Brasil. Um terço dos casos ocorreu durante obras de construção ou manutenção predial. O engenheiro de Segurança da Celesc, Fábio Rafaelli, explica que é importante manter a distância normatizada pela empresa e pela ABNT na hora de construir ou fazer serviços como limpeza ou pintura em prédios e residências. “Além de respeitar as distâncias, o cuidado precisa ser redobrado quando se utiliza equipamentos como andaimes, escadas, treliças, trilhos de cortinas ou materiais metálicos próximos da rede elétrica, pois um simples contato com um fio energizado pode ser fatal”, disse.

Outras situações que trazem risco para a população envolvem ligações clandestinas, poda de árvores, operação de equipamentos como guindastes, brincadeiras com pipas, instalações de antenas de TV, batidas de veículos em postes, furto de fios e equipamentos, entre outras.

“A eletricidade não tem cheiro, não tem cor e pode ser fatal, se não for tratada de forma segura e consequente”, alerta o presidente da Celesc, Cleverson Siewert. Em comparação à média nacional, Santa Catarina tem um histórico de poucas ocorrências fatais em decorrência de acidentes elétricos com a população, foram 18 registros nos últimos cinco anos. Os alertas realizados pelas campanhas da Semana de Segurança têm ajudado a reduzir os números de mortes também em outros estados.

Desde que começou a fazer monitoramento dos registros, em 2001, a Abradee registra uma queda gradual de acidentes envolvendo eletricidade, somando 26% de queda nos últimos 16 anos. O percentual de ocorrências fatais reduziu ainda mais: 37% no período, sendo que em 2016 a diminuição foi de 9%, o que significa 23 mortes a menos do que no ano anterior. 


Dicas de segurança e economia da campanha

“Energia elétrica com segurança: Tá seguro, tá controlado”:

- Considere a rede energizada mesmo quando a energia estiver desligada

- Não pendure ou jogue nada na rede elétrica

- Não fixe enfeites ou solte fogos e balões perto da rede elétrica

- Nunca resgate pipa ou outros itens que enroscaram nos fios elétricos

- Não toque em fios partidos ou soltos na rua e avise imediatamente à Celesc pelo telefone de Emergência: 0800 48 0196

- Antes de qualquer conserto na instalação elétrica, desligue a chave geral no quadro de energia

- Apenas especialistas, com equipamento de segurança, devem lidar com a rede elétrica

- Lembre-se de que irregularidades e furtos na rede de energia podem ocasionar choques elétricos, curto circuitos e incêndios

- Ao adquirir equipamentos elétricos, confira a voltagem para saber se a fiação suporta a carga

- Faça sempre a manutenção das instalações e evite fios emendados ou desencapados

- Retire o carregador da tomada assim que o celular estiver carregado

- Desligue o monitor do computador se for demorar mais de 10 minutos para retornar a usá-lo

- Elimine vazamentos. Ao economizar água, você também economiza energia

- Verifique o estado de conservação das borrachas de vedação do refrigerador

- Mantenha o filtro do ar-condicionado sempre limpo e o termostato regulado. Desligue o aparelho quando não houver ninguém no ambiente

- O plantio e a poda de árvores devem ser feitos em distância segura da rede elétrica e por pessoas habilitadas

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança