• Secretaria de Saúde de Jacinto Machado mobiliza alunos

Secretaria de Saúde de Jacinto Machado mobiliza alunos

13 Dez, 2017 16:19:10 - Saúde

Jacinto Machado (SC)

Os alunos da rede municipal e estadual de Jacinto Machado receberam orientações sobre o combate ao Aedes aegypti. A ação faz parte do Programa Saúde na Escola, que teve como foco envolver os estudantes em atividades para identificar e eliminar os criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e vírus da Zika.

O grupo da Secretaria Municipal de Saúde formado por enfermeiras e agentes comunitárias de saúde focou na prevenção, já que o município é livre do foco do mosquito transmissor das doenças. “Temos 49 pontos de coleta semanal e mais cinco pontos estratégicos de coleta quinzenal e não identificamos nenhuma larva do Aedes aegypti em nosso município. Porém, cidades próximas já identificaram, por isso o reforço na prevenção”, destaca o agente da vigilância epidemiológica, Richard Cunha Cardoso.

As atividades do projeto abrangem desde a educação infantil à educação de jovens e adultos. A proposta é mobilizar as equipes das escolas, unidades de saúde, familiares e toda a comunidade na adoção de práticas sanitárias e saudáveis que mantenham os ambientes escolar e residencial, sempre limpos e seguros. “Investimos na prevenção para que com os devidos cuidados, possamos manter nosso município longe de qualquer foco que possa servir como criadouro para larvas do mosquito”, alerta o secretário de Saúde Francisco de Assis Aguiar, o Sy.

A meta é que toda informação obtida na escola seja compartilhada com a comunidade, orientando a população sobre como agir no combate ao Aedes aegypti.

O projeto

Criado em 2007 pelo governo federal, o Programa Saúde na Escola surgiu como uma política intersetorial entre os ministérios da Saúde e da Educação, com o objetivo de promover qualidade de vida aos estudantes da rede pública de ensino por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. 

O Programa tem como objetivo a integração e articulação intersetorial das redes públicas de ensino, por meio de ações entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e redes de educação pública. A iniciativa prevê 12 ações para acompanhar as condições de saúde dos estudantes por meio de avaliações e orientação, fortalecendo o enfrentamento das vulnerabilidades que possam comprometer o pleno desenvolvimento escolar. 

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews