• Queimadas preocupam em Cocal e Fundac intensifica fiscalização

    Em alguns casos, o Corpo de Bombeiro teve que ser acionado para combater o fogo nas últimas semanas

Queimadas preocupam em Cocal e Fundac intensifica fiscalização

03 Ago, 2017 13:49:57 - Geral

Cocal do Sul (SC)

As frequentes queimadas que vem ocorrendo em Cocal do Sul preocupam a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundac) do município. Nas últimas semanas, dezenas foram registradas, ocasionando crime ambiental.  O alerta é para os moradores que queimam resíduos sólidos, como papel, madeira, galhos de árvores, móveis, entre outros. Conforme o Superintendente da Fundac, Josias Sorato esse tipo de ação é irresponsável e tem gerado muito transtorno à população. “Por algumas vezes tivemos que chamar o Corpo de Bombeiro para ajudar apagar o incêndio. Em outros casos, o caminhão pipa da prefeitura nos deu o suporte necessário para combater as queimadas”, ressalta. 

Conforme Josias, mediante aos acontecimentos a Fundac intensificará a fiscalização e solicita aos munícipes para que não coloquem fogo. “Tivemos casos em que pessoas tiveram que ser levadas ao hospital devido à fumaça. A queimada é proibida e considerada crime ambiental, prevista na Lei Federal de Crimes Ambientais n° 9.605/98, podendo acarretar em pena de reclusão de um a cinco anos e multa que varia entre R$ 5 mil a R$ 15 mil. A população precisa ter consciência e preservar o meio ambiente. Nossa orientação é constante e independente do caso, estaremos sim aplicando as penalidades”, alerta Josias. 

A colaboração das pessoas por meio de denúncia também é importante para que o meio ambiente possa ser respeitado. “Ajude-nos a combater esse crime. A denúncia é anônima e pode ser feita pelo telefone 3444-6035, das 7h30 às 16h30”, finaliza o superintendente da Fundac.

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews