Programa Terra-Boa é responsável por um terço da área plantada de milho em Santa Catarina

09 Nov, 2018 16:15:13 - Geral

Florianópolis (SC)

Grande consumidor de milho, Santa Catarina amplia a área plantada e tem o Governo do Estado como grande parceiro no aumento da produção. As sementes de milho fornecidas pela Secretaria da Agricultura e da Pesca, através do Programa Terra-Boa, já correspondem a 33% da área plantada no estado.

Até o final de 2018 serão 220 mil sacas de sementes de milho de alta tecnologia fornecidas aos produtores rurais catarinenses – o que corresponde a aproximadamente 186,3 mil hectares plantados, um terço do total do estado. As estimativas são de que Santa Catarina tenha aproximadamente 559 mil hectares de lavouras de milho na safra 2018/19, considerando milho grão e silagem.

“O Terra-Boa é um programa muito conhecido dos produtores rurais catarinenses e tem um papel importante no aumento da produtividade das lavouras. O programa faz com que os produtores tenham acesso a sementes de alta tecnologia, que produzem mais e trazem mais renda para o meio rural”, ressalta o secretário adjunto da Agricultura e da Pesca, Athos de Almeida Lopes Filho.

Safra 2018/19 

Os dados iniciais do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) mostram que Santa Catarina colherá 2,77 milhões de toneladas de milho grão na próxima safra, um aumento de 8,16%, com uma produtividade média de 8,15 toneladas por hectare.

O milho silagem, utilizado principalmente para alimentação de bovinos, ocupa 218,6 hectares em Santa Catarina e a produção deve passar de 9 milhões de toneladas.

Aumentar a produção de milho é um grande desafio em Santa Catarina. Grande produtor de carne, o grão é fundamental para abastecer as cadeias produtivas de proteína animal. O agronegócio catarinense consome aproximadamente sete milhões de toneladas de milho por ano – sendo que, mais de quatro milhões de toneladas são importadas de outros estados.

Programa Terra-Boa

O Terra-Boa é um dos programas mais tradicionais da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca e, há mais de 20 anos, beneficia os produtores rurais catarinenses com a subvenção para aquisição de calcário, sementes de milho, kit forrageiras e kit apicultura. De janeiro a setembro deste ano, o Programa já investiu R$ 43,2 milhões para subvenção de 287 mil toneladas de calcário, 476 kits apicultura, 1.790 kit forrageiras, 795 abelhas rainhas e mais de 199 mil sacas de milho.

Com o Programa, o Governo do Estado quer aumentar a produtividade nas lavouras catarinenses, além de incentivar os investimentos na melhoria de pastagens e na apicultura. Os produtores têm acesso ainda a sementes de milho de alta tecnologia, obtendo maior produtividade por área plantada.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança