• Programa socioambiental melhora travessias urbanas

Programa socioambiental melhora travessias urbanas

13 Set, 2017 14:51:31 - Geral

Palhoça (SC)

A duplicação da BR-101 Sul, entre os municípios de Palhoça (SC) a Osório (RS), tem incluso no escopo do Plano Básico Ambiental (PBA), programa socioambiental que cuida da implantação de melhorias das travessias em aglomerados urbanos. Com o crescimento de aglomerados urbanos nos bordos da rodovia federal, em escala gradativa nas últimas décadas, a duplicação da rodovia federal teve que englobar novos equipamentos de segurança para pedestres, garantindo assim, segurança na movimentação entre essas comunidades.

O objetivo do Programa de Melhoria das Travessias Urbanas, constante no conjunto dos 22 programas socioambientais e um Estudo do PBA da BR-101, é atuar sobre possíveis distorções no uso e ocupação do solo, na segregação urbana e intrusão visual. Isto é, o considerável aumento na circulação de veículos em tráfego de longo curso, aliado a velocidade constante, como é o caso da duplicação da rodovia federal em zona urbana, gera certo conflito entre o espaço viário e o espaço urbano. Isso acaba causando sérios impactos para motoristas e pedestres, pois afetam o desempenho operacional das pistas e provocam a perda da qualidade de vida dos núcleos urbanos.

Nesse passo, o Programa de Melhoria nas Travessias Urbanas tem como meta a adequação do planejamento, construção e operação da rodovia, de modo a integra-la ao espaço urbano, através do planejamento estratégico entre comunidades, órgãos públicos e o empreendedor (DNIT).  Com a implantação das pistas duplicadas, foi inserida no projeto a construção as passarelas, passagens inferiores para pedestres, passagens inferiores de veículos, ruas laterais, calçadas, faixas de pedestres, sinalização vertical, ciclofaixas e pontos de ônibus, para melhor atender os moradores e usuários da rodovia, priorizando a segurança dos mesmos, tanto no período de obras como depois de concluídas.

Nas obras de duplicação da BR-101 Sul, entre Palhoça (SC) a Osório (RS) foram construídas 34 passarelas e 24 passagens inferiores de pedestres, sem contar 211 quilômetros  de vias laterais construídas somente no trecho catarinense, calçadas, ciclofaixas em Laguna, Tubarão e nas comunidades lindeiras do trecho gaúcho.

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews