• Professores gravam vídeos nas estruturas da Satc para realização de aulas práticas

Professores gravam vídeos nas estruturas da Satc para realização de aulas práticas

17 Mai, 2020 19:04:59 - Educação

Criciúma (SC)

A pandemia do novo coronavírus tem despertado um novo tempo em diversas áreas de atuação profissionalizante. Seja no ensino fundamental, médio, técnico ou em cursos de graduação, o método de ensino e aprendizagem mudou e, com isso, professores, além de ensinarem, estão tendo que aprender a lidar com um novo tempo. Nos cursos técnicos de Mecânica e Eletromecânica da Satc, para que os alunos construam conhecimento dentro das disciplinas, os docentes estão buscando alternativas extras, como a gravação de vídeos-aulas e a disponibilidade de materiais complementares.

O curso técnico precisa ter uma abordagem envolvendo teoria e prática. “É uma relação direta que se faz necessária para que a gente possa complementar o processo de aprendizagem”, diz o coordenador dos cursos técnicos de Mecânica e Eletromecânica da Satc Adelor Felipe da Costa. Com as aulas remotas, os professores estão utilizando a estrutura da Satc, com agendamento de horários para não haver aglomerações, para gravarem vídeos e lives explicando na prática como é o comportamento de determinado conteúdo.

Para o professor de CNC e Fresagem, Clauber Marques, este é um momento de adaptação e troca de informações constante entre professores e coordenação para criar um ambiente agradável e de fácil acesso para os alunos. “Mesmo em formato remoto, precisamos colocar algumas das identidades marcantes da Satc nas aulas, sendo uma delas as aulas nos nossos laboratórios. Só que agora é uma dinâmica muito diferente, onde você tinha 15, 20 alunos participando da aula, agora você tem câmeras registrando a execução da atividade”, conta.

O principal objetivo é levar o aluno para dentro da Satc por meio das plataformas digitais. De acordo com o professor de Máquinas e Ferramentas, Sandro Luiz Feltrin, os conteúdos estão sendo trabalhados de uma forma diferente, mas sempre visando preparar os alunos para o mercado de trabalho. “Os acadêmicos antes estavam, na maior parte do tempo, nas oficinas com a mão na massa, agora eles sentem falta de verem na prática o que estão estudando na teoria. Então, surgiu a ideia de irmos até a oficina para tornar as aulas virtuais mais atrativas e esclarecedoras”, informa.

Simuladores auxiliam nas aulas

Para quem continua realizando as aulas direto de casa, o uso de simuladores tem sido um aliado na prática das atividades. “É uma nova experiência, mesmo já tendo um certo conhecimento modalidade de EaD, cada dia é um novo desafio para conseguir trazer conceitos práticos neste formado”, comenta o professor de Automação Industrial, Anderson Silvestre.

Segundo ele, os simuladores auxiliam para o esclarecimento de dúvidas da aula, no entanto, nem todos os alunos possuem acesso às plataformas que possibilitam estas atividades. “Como trabalho com a parte elétrica, nesses casos os alunos podem fazer de forma manuscrita, desenhando os circuitos no papel e posteriormente verificando a execução dos mesmos”, explica.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança