• Procon fiscaliza molhos e extratos de tomate em supermercados

Procon fiscaliza molhos e extratos de tomate em supermercados

29 Jul, 2016 15:37:23 - Economia

Içara (SC)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda e distribuição de alguns lotes de molho e extrato de tomate por conter pelo de roedor acima do tolerado pela legislação. A decisão está publicada no Diário Oficial da União de quinta-feira, dia 28, e a resposta do Procon de Içara foi imediata, com a fiscalização dos supermercados já na manhã desta sexta-feira, dia 29.

“Nos estabelecimentos que passamos não foi encontrado nenhuma unidade deste lotes apontados pela Avisa, mas de qualquer forma fica o alerta aos consumidores. Quem já tiver o produto em casa pode pedir a troca imediata com a apresentação da nota fiscal. Caso não tenha a nota, deve entrar em contato com a fabricante”, coloca o coordenador do Procon de Içara, Diego dos Santos.

Lotes identificados:

Extrato de tomate Amorita: Lote 076 M2P l Validade: 01/04/2017

Extrato de tomate Aro: Lote 002 M2P l Validade: 05/2017

Extrato de tomate Elefante: Lote 032502 l Validade: 18/08/2017

Extrato de tomate Predilecta: Lote 213 23IE l Validade: 03/2017 

Molho de tomate tradicional Pomarola: Lote 03090331 l Validade: 08/2017

Como assim, limite?

O limite máximo é um fragmento de pelo para cada 100 gramas de molhos, purês e extratos de tomate. Acima disso, a Anvisa considera prejudicial à saúde. As empresas costumam alegar que a presença de pelo de roedor se deve à matéria-prima, que vem do campo. São considerados roedores ratos, ratazanas e camundongos.

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews