• Encontro é destinado às mulheres e profissionais de saúde

Parto humanizado em pauta na Universidade do Extremo Sul

13 Out, 2016 16:52:51 - Educação

Criciúma (SC)

“Para mudar o mundo, primeiro é preciso mudar a forma de nascer”. A frase de Michel Odent, obstetra francês, resume a importância do debate que ocorre na Unesc nesta sexta-feira (14/10). O 2º Fórum Perinatal pela Humanização do Parto e Nascimento irá reunir professores e alunos da Unesc, profissionais de saúde e comunidade.

Segundo a professora da Unesc Cecília Marly Spiazzi dos Santos, que também atua na Atenção Básica do Município, a temática precisa ser debatida, com o intuito de empoderar tanto os profissionais de saúde, quanto as futuras mães. “Somos seres humanos, e no parto não pode ser diferente. Ele precisa ser de acordo com as nossas origens. Muitas mulheres recorrem à cesariana por medo da dor, a dor existe, mas ela é natural, é suportável. O organismo da mulher foi feito pra isso”, comentou.

A professora ressaltou ainda a importância de os profissionais de saúde entenderem o protagonismo da mulher no parto. “Eles estão ali apenas para orientar e dar o suporte necessário para o nascimento acontecer. É a mulher quem traz a criança para vida e não o profissional, isso precisa estar claro”.

O encontro é gratuito e ocorre em parceria com a Prefeitura de Criciúma. As inscrições devem ser feitas pelo site da Unesc. Temas como “Violência na Assistência ao Parto”, “Assistência Humanizada em Sala de Parto”, além de relatos de experiências sobre o Parto Normal, também compõem a programação.


TEXTO: ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança