Parceria dará atendimento de saúde para trabalhadores da agroindústria

17 Abr, 2018 15:57:27 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

Uma parceria entre a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e o Ministério Público do Trabalho (MPT/SC) vai proporcionar atendimento de saúde gratuito para trabalhadores da agroindústria na Grande Florianópolis, além de possibilitar a realização de pesquisas e outras ações relacionadas com o tema. O termo de compromisso entre as duas instituições foi assinado na tarde desta segunda-feira, 16, na abertura do programa de extensão Saúde do Trabalhador, realizada no Auditório do Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), no Bairro Coqueiros.

Pelo convênio, o MPT-SC repassará R$ 1 milhão à Udesc para o desenvolvimento de ações relacionadas aos três níveis de atenção à saúde: prevenção de lesões, tratamento e reabilitação de trabalhadores. Os recursos são provenientes de multas aplicadas à empresas que descumprem normas trabalhistas. As atividades incluem atendimentos individuais e em grupo, realizados com a participação da equipe de fisioterapeutas e de acadêmicos na Clínica Escola de Fisioterapia da Udesc Cefid, centro de referência na área.

Autoridades

A abertura do programa reuniu representantes de instituições parceiras e da universidade, servidores e acadêmicos do centro de ensino. Pela Udesc, estiveram presentes à mesa a pró-reitora e Ensino, Soraia Tonon da Luz, representando o reitor; o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade, Fábio Napoleão; o diretor-geral da Udesc Cefid, Paulo Henrique Xavier de Souza; e o coordenador do programa Saúde do Trabalhador, Sandroval Francisco Torres. O MPT/SC foi representado pelo procurador Sandro Sardá.

O diretor-geral Paulo de Souza agradeceu a confiança do MPT-SC e afirmou que a parceria é um marco para o centro de ensino, que reforça a responsabilidade de professores, técnicos e alunos envolvidos com o programa, e desejou sucesso à iniciativa. O professor Sandroval Torres destacou que a parceria abre diversas possibilidades e ressaltou o compromisso da universidade em buscar a excelência no atendimento, ampliar a abrangência, inicialmente terapêutica, da iniciativa e "transformar a Udesc em um polo em saúde do trabalhador".

Referência em fisioterapia

O procurador Sandro Sardá declarou ser uma honra firmar parceria com a Udesc Cefid, "que é referência em fisioterapia no Estado", e que a universidade cumpre de fato sua função social com iniciativas como essa. Ele ressaltou a precariedade das condições de trabalho na agroindústria e afirmou que se trata de uma "missão belíssima e um enorme desafio".

O pró-reitor Fábio Napoleão ressaltou que o convênio marca um momento significativo não só para a Udesc, mas para as organizações e os trabalhadores envolvidos, e salientou a necessidade das instituições se irmanarem em buscar de soluções para os problemas do País. A pró-reitora Soraia da Luz destacou que a temática abre perspectivas além do tratamento terapêutico para a universidade, como na área de pesquisa, e afirmou que a Udesc pode fazer a diferença com esse programa e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores.

Palestras

O evento contou ainda com quatro relacionadas ao tema. O procurador Sardá proferiu a palestra inaugural, sobre a atuação do MPT/SC na saúde do trabalhador. A médica Edna Maria Niero, coordenadora do ambulatório de saúde do trabalhador no Hospital Universitário (HU), da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), falou sobre os atendimentos na saúde do trabalhador realizados pela instituição.

O médico do trabalho Roberto Carlos Ruiz, também da Ufsc, abordou o tema "Programa de Reabilitação Ampliada". E o fisioterapeuta e professor Willians Longen, da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), falou sobre a atuação do fisioterapeuta na saúde do trabalhador.

Sobre o programa

O programa Saúde do Trabalhador visa ofertar um serviço de reabilitação e preparo para retorno às atividades para trabalhadores com Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) na região da Grande Florianópolis.

O programa é formado por três ações:

Reabilitação e cuidado de trabalhadores com DORT: oferece um serviço de avaliação e cuidado (tratamento fisioterapêutico e psicológico) para trabalhadores encaminhados pelas policlínicas de saúde, pela Previdência Social e pelo sistema privado de saúde; Grupo de Autocuidado para Trabalhadores com DORT: oferece ações educativas, autocuidado e convivência para pacientes em processo de reabilitação; e  Grupo de Estudos Saúde e Reabilitação de DORTs em trabalhadores: ação voltada para profissionais e acadêmicos que atuam no processo de reabilitação terapêutica e profissional de trabalhadores com DORT, com o intuito de fomentar discussões científicas e capacitações.

Mais informações podem ser obtidas na Clínica de Fisioterapia da Udesc Cefid, pelo telefone (48) 3664-8610.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews