• Outubro Rosa: medidas preventivas nos animais podem evitar graves doenças, alertam Médicos Veterinários

Outubro Rosa: medidas preventivas nos animais podem evitar graves doenças, alertam Médicos Veterinários

05 Out, 2018 13:57:14 - Pet News

Criciúma (SC) 

A Laika é uma das companheiras da empresária Layr Kalbusch. A vira-lata junto com outros cães e gatos são a alegria da moradora do bairro Quarta Linha, em Criciúma "Amo todo os tipos de animais. Eles me auxiliaram na recuperação emocional após o falecimento do meu marido. São minhas companhias. A Laika e meus outros animais são a minha família", resume D. Layr.

D. Layr é apaixonada por animais desde a infância. Nas últimas semanas comemora o sucesso do tratamento de um câncer de mama do cão de estimação. "A Laika passou por uma cirurgia delicada. Mas graças a Deus e aos Médicos Veterinários consegui tê-la de volta assim feliz e recuperada", emociona-se.

Conscientização

A saúde dos animais entra em pauta. Segundo o Médico Veterinário Rafael Borges, do Hospital Veterinário Criciúma, integrante da equipe cirúrgica na cachorra Laika, 80% dos casos de câncer são de mama principalmente entre as cães fêmeas mais idosas, em geral, a partir dos sete anos de idade. "Em todos os atendimentos, se houvesse a consciência pela castração tanto de machos como de fêmeas, já nos primeiros seis meses de vida, teríamos prevenido o câncer e outras doenças que podem levar à morte do animal", explica.

Segundo Borges, a castração elimina outras anomalias e problemas que acometem cães machos ou fêmeas e felinos. "Nos machos, a castração não só previne o câncer de próstata, como evita possíveis fugas relacionadas a cio e marcação de território. Nas fêmeas, diminui o surgimento de tumores, infecções uterinas e até uma gravidez indesejada, por exemplo", opina. No mês em que há a conscientização pelo Outubro Rosa, o Médico Veterinário explica que para cães adultos o ideal é realizar consulta e exames. "Através da radiografia, pelo ultrassom ou exames de sangue conseguimos detectar o surgimento de tumores e ter maior efetividade no tratamento", complementa.

Para o câncer de mama, o Médico Veterinário precisa avaliar outras etapas para evitar maiores complicações no pós-operatório. "Temos de analisar se o cão tem problemas cardíacos, hematológicos, dentre outros, para averiguar quais os procedimentos anestésicos e adequados para o caso", recomenda. Agora feliz com o tratamento da Laika, a empresária D. Layr recomenda a realização de check-ups periódicos. “É muito importante para que seja descoberto casos de câncer logo no início”, finaliza. 

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA 
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews