• Na prática: Estudantes de Pedagogia evidenciam arte catarinense e se preparam para desafios profissionais

Na prática: Estudantes de Pedagogia evidenciam arte catarinense e se preparam para desafios profissionais

05 Nov, 2018 17:20:34 - Educação

Criciúma (SC)

Uma tarde para se divertir e aprender sobre a arte e a cultura de Santa Catarina. Assim foi a segunda-feira (5/11) de 80 crianças do Colégio Unesc. Elas participaram do sarau “Território Cultural” promovido pelo curso de Pedagogia, que em parceria com o Centro Acadêmico Paulo Freire transformou a Praça do Estudante com balões, tapetes, brincadeiras e conhecimentos.

A atividade, pensada durante a disciplina “Fundamentos das Linguagens Artísticas”, dividiu a turma da primeira fase da graduação em sete equipes, que desenvolveram dinâmicas de canto, contação de histórias, teatro, desenhos, pinturas e exposições. “A arte é o fio condutor para o acadêmico pensar suas práticas pedagógicas em sala de aula. As ações aqui desenvolvidas foram pensadas para promover o estímulo da criatividade e da relação da arte com a educação aprendida em sala de aula”, afirma a professora da disciplina, Silemar Silva.

Uma sala de aula ao ar livre

Boi de mamão, com cantos folclóricos catarinenses; exposições dos principais nomes da arte de Santa Catarina; teatro de fantoches, e contações de histórias por meio de ilustrações. Quem passou pela Praça do Estudante pôde aprender e se encantar com uma diversidade presente na origem de Santa Catarina e sua identidade cultural.

O estudante Victor Fernandes fez parte da Comissão de Organização do evento e destacou a oportunidade de conhecer o estado e colocar na prática os conteúdos socializados em sala de aula. “Nosso objetivo foi promover a integração dos colegas e a prática com crianças logo na primeira fase. Além do importante lado acadêmico, é gratificante proporcionar um dia especial as crianças do Colégio”, frisa Victor.

Mãos na tinta e caça ao tesouro

Além de aprender, os participantes também soltaram a criatividade e desenvolveram habilidades importantes. A caça aos macucos, pássaro que é personagem constante no folclore catarinense, ensinou e divertiu os presentes com uma atividade de caça ao tesouro.

Já na Brinquedoteca as cores foram destaque e os pequenos puderam registrar com tinta o que foi entendido durante o sarau. “É muito louvável, junto aos colegas, ensinar, colocar a cultura catarinense em evidência e descobrir as riquezas culturais do estado onde vivemos. Aqui aprendemos muito e nos preparamos para os futuros desafios profissionais”, destaca Laura Marques Borges Müller, acadêmica e membro da Comissão de Organização.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/ DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança