• Município anuncia contrato da água e esgoto por 30 anos com Casan

Município anuncia contrato da água e esgoto por 30 anos com Casan

09 Jul, 2018 14:19:58 - Economia

Içara (SC)

A Casan terá mais 30 anos da concessão na gestão da água e do esgoto de Içara. A opção foi comunicada pela Prefeitura de Içara em reunião com representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Empresarial de Içara e o Observatório Social nesta sexta-feira, dia 6. E conforme o prefeito Murialdo Canto Gastaldon (MDB), a assinatura do contrato acontecerá já na próxima semana. “O nosso contrato é com a Casan como empresa pública. Se for privatizada, o rompimento será automático”, antecipa.

Ao todo, R$ 54,9 milhões estão previstos para aplicação ao longo das próximas três décadas em Içara. Mas o valor ainda poderá mudar, inclusive, com a alteração no prazo de vigência. E o direcionamento dos recursos também poderá ser revisto anualmente. Do total inicialmente previsto, R$ 37 milhões estarão no esgotamento sanitário e R$ 17 milhões na distribuição de água, neste caso, com quase R$ 1 milhão destinado para a reservação. E o novo contrato já prevê obras estas obras no Demboski e Esplanada até 2019.

Segundo o prefeito, um dos motivos para a opção pela Casan são as despesas. Quase R$ 182 mil são pagos atualmente ao Samae do Rincão para abastecer 4 mil unidades consumidoras. Se fosse comprar água ao restante das 14 mil unidades consumidoras (abastecidas pela barragem do Rio São Bento), seriam necessários mais R$ 637 mil. Diante de uma receita de R$ 1,2 milhão ao mês, sobraria R$ 381 mil para a folha de pagamento, manutenção e investimentos.

“Outro item é o financiamento do esgoto sem a receita. São mais R$ 100 mil ao mês. O sistema de esgoto de Içara foi mal projetado e executado. A equipe que o Samae tem não tem capacitação técnica para arrumar. O Município teria que contratar. É muito mais fácil a Casan fazer”, acrescenta. Ainda segundo ele, os servidores no trabalho operacional permanecerão vinculados ao Município com a compensação equivalente da Casan. Os demais continuarão também absorvidos pelo Governo Municipal.

“Além disso, o modelo de administração está diferenciado. Hoje se contrata uma empresa para fazer os serviços. Não é mais a Prefeitura que executa as obras. O mesmo raciocínio tem que ser levado para a gestão da água e esgoto. É mais fácil cobrar da Casan o que ficou estabelecido em contrato. Para isso pretendemos criar uma agência reguladora de todos os serviços concedidos como o ônibus, taxi e a iluminação pública”, pontua.

TEXTO/CANAL IÇARA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

CDL Içara