• A ferramenta permite o atendimento qualificado das pessoas surdas no Setor de Atendimento ao Cidadão.

MPSC realiza testes com Serviço de Interpretação de Libras

12 Jun, 2018 13:42:42 - Geral

Florianópolis (SC)

O Setor de Atendimento ao Cidadão (SEAC) do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) iniciou testes de uma nova ferramenta: um serviço de interpretação da Língua Brasileira de Sinais por videoconferência. 

O serviço é utilizado quando uma pessoa com deficiência auditiva chega ao SEAC e, para atendê-la de forma adequada, é realizada a interpretação simultânea do atendimento por meio de uma central de intérpretes da Libras. 

A proposta é estender o serviço a todas as Secretarias de Promotorias de Justiça do Estado e sua a instalação tem como objetivo tornar o atendimento da Instituição mais acessível e adequá-lo à Lei 10.098/2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

"É um importante passo do Ministério Público de Santa Catarina para qualificação do atendimento ao cidadão e à efetiva inclusão das pessoas com deficiência. A população surda sofre com as dificuldades no atendimento nos mais diversos órgãos e serviços, e é imprescindível que o Ministério Público ofereça condições para atendimento das demandas decorrentes dessa omissão", explicou a Coordenadora Adjunta do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos, Promotora de Justiça Ariadne Clarissa Klein Sartori. 

Para colaborar com a fase de teste da ferramenta basta procurar o Setor de Atendimento ao Cidadão (SEAC), no Edifício Campos Salles, Centro/Florianópolis. 

Outras iniciativas na Instituição

Em 2015 o MPSC instalou três telefones à disposição de pessoas com deficiência auditiva e de fala. O Terminal Telefônico para Surdos (TTS) fica disponível 24 horas por dia e está instalado no hall de entrada de três prédios da instituição em Florianópolis. São eles: Campos Salles, Palas e Casa do Barão. Saiba mais aqui.

Em 2016 o MPSC ofereceu cursos presenciais e a distância sobre a Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de garantir servidores capacitados na Libras em todo o Estado.

Já em 2017 a Instituição adaptou produtos de mídia para pessoas com deficiência e criou a playlist MPSC Acessível, por meio da qual os usuários assistem aos vídeos traduzidos na linguagem de sinais. Saiba mais aqui.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança