• MP adia julgamento de feminicídio para dia 17

MP adia julgamento de feminicídio para dia 17

03 Mai, 2019 09:48:34 - Segurança

Içara (SC)

A sessão do Júri para o julgamento do primeiro caso com a qualificadora de feminicídio em Içara (SC) foi adiada. Devido a impossibilidade de participação da ad-vogada do réu, o conselho de sentença voltará a se reunir no dia 17 de maio para definir as consequências do assassinato da dona de casa Adriana Machado Bittencourt praticado no Bairro Raichaski pelo enteado, em 11 de junho de 2017.

Ainda conforme a denúncia do Ministério Público (MP) de Içara (SC), o crime foi cometido sem que a vítima tivesse ciência de que estava sob a mira de u-ma arma de fogo. 

Aos 40 anos, Adriana foi atingida por uma garrucha na cabeça durante uma discussão com o parceiro. Além do crime doloso na esquina entre as Ruas Rio Grande do Norte e João Miguel Borges, em Raichaski, o acusado foi denunciado também pelo porte de arma restrita. Ele chegou a tentar acabar com a própria vida, entretanto, a arma era antiga e se desintegrou.

FOTO/ ARQUIVO JI

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews