Metas de cadastramento biométrico até 2020 são aprovadas pelo Pleno do TRE-SC

11 Abr, 2019 09:10:18 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

Foi aprovada, na sessão administrativa desta quarta-feira (10), pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, a resolução que dispõe sobre as metas do cadastramento biométrico até maio de 2020.

Até o fechamento do cadastro eleitoral em maio do próximo ano, a Justiça Eleitoral catarinense pretende cadastrar biometricamente 1.564.561 eleitores, atingindo ao todo 95% do eleitorado do estado. Atualmente, dos 5.106.378 milhões de eleitores catarinenses, 3.348.108 estão cadastrados biometricamente.

Para os 122 municípios que estão passando pela revisão do eleitorado com cadastramento biométrico obrigatório neste ano, a meta é ter, até o final do processo, 85% do eleitorado com biometria. Já para as 111 cidades que estão passando pelo cadastramento biométrico ordinário, a meta é de 45% do eleitorado, no caso dos municípios que são sedes de Zonas Eleitorais, e 29% nos demais.

Durante a sessão administrativa, o assessor especial de planejamento estratégico e de eleições do TRE-SC, Augusto César Campos, explicou que "quanto aos valores das metas e a distribuição proporcional delas, a proposta técnica usou critérios estatísticos baseados no histórico recente dos atendimentos, tanto nas revisões de eleitorado, quanto no modelo ordinário, que é onde está a maior parte do eleitorado a ser atendido".

Em seguida, o presidente do TRE-SC, desembargador Ricardo Roesler, enfatizou o papel das audiências públicas na divulgação das revisões do eleitorado. "A Ouvidoria do TRE-SC, em conjunto com a Corregedoria Regional Eleitoral, está realizando audiências públicas em cidades onde há a revisão do eleitorado, escutando a população, em um processo de aproximação com a sociedade e, sobretudo, alertando da necessidade da biometria".

A biometria é uma tecnologia importante, que confere mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação, tornando praticamente inviáveis fraudes na identificação do votante. O leitor biométrico confirma a identidade de cada cidadão por meio de impressões digitais únicas, armazenadas em um banco de dados da Justiça Eleitoral.

TEXTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews