Maracajá atinge 95,82% da meta de vacinação contra gripe H1N1

14 Jun, 2018 14:21:47 - Saúde

Maracajá (SC)

Graças a adesão em massa de trabalhadores em saúde, puérperas, idosos e portadores de doenças crônicas (diabetes, entre outras), Maracajá conseguiu atingir, no total, 95,82% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para cobertura na campanha de vacinação contra a gripe H1N1. Crianças de seis meses a menor de cinco anos e gestantes ficaram abaixo do esperado, mas ainda podem comparecer ao Cemasas para se imunizarem, utilizando o estoque que restou da campanha.

"Estamos aguardando ainda os pais ou responsáveis trazerem as crianças de ate cinco anos de idade que ainda não foram vacinadas, pois elas estão entre os grupos prioritários. Além disso, crianças da faixa etária é ate nove anos e adultos de 50 a 59 anos também ganharam o direito a vacina", informa Silvana Bilésimo, a responsável pela Vigilância Epidemiológica do Departamento de Saúde de Maracajá.Segundo ela, "as segundas doses das crianças que nunca tinham feito a vacina já foram reservadas".

Das 77 gestantes esperadas para vacinação, apenas 50 compareceram ao Cemasas, estabelecendo o menor índice de cobertura dos grupos prioritários em Maracajá, apenas 64,94%. Das crianças de seis meses a dois anos o índice de cobertura chegou a 79,35% e de dois a cinco anos a 73,28%.  Depois dos profissionais de saúde com 118,87% de cobertura, o grupo que mais superou a meta foi o das pessoas com mais de 60 anos: 109,06%. No total a meta do município era vacinar  1.293 pessoas e destas 1.239 foram imunizadas, representando 95,82% da meta prevista.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews