Maracajá amplia conscientização para melhor cobertura vacinal

15 Mai, 2018 14:48:27 - Saúde

Maracajá (SC)

Intensificar a mobilização e contatos de agentes comunitários de saúde com as famílias, casa a casa, carro de som percorrendo os bairros e as mídias sociais. Estas são as estratégias da Vigilância Epidemiológica do Departamento de Saúde de Maracajá para melhorar a cobertura vacinal contra a gripe H1N1, no município. As informações são da responsável pela Vigilância Epidemiológica, Silvana Bilésimo, após concluir e analisar o balanço do Dia D da campanha deste ano, no sábado (12).

Os melhores índices são dos grupos de idosos e professores, que atingiram 80% e 78%, respectivamente, vindo a seguir os trabalhadores em saúde com 71,7%. As preocupações são com crianças de seis meses a cinco anos incompletos que têm cobertura de 42,6% e gestantes, com 48%. Entre as puérperas, o índice chegou a 53,8%. "Para atingirmos a meta  estabelecida pelo Ministério da Saúde, de 90%, precisamos da conscientização das famílias", resumiu Silvana.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

CDL Içara