• Mais que amigos, companheiros para a vida

Mais que amigos, companheiros para a vida

25 Abr, 2019 16:37:34 - Variedades

Criciúma (SC)

Adoção é a melhor maneira de dar um final feliz para aquele cachorro ou gato que foi abandonado. Animais de rua podem ser alvo de maus
-tratos, como envenenamentos e ser vítima de acidentes. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que o Brasil possui pelo menos 30 milhões de animais abandonados. Em Criciúma, a ONG SOS Vira-Lata reúne voluntários em prol da causa animal.  

“A primeira orientação é ter consciência de adoção. Em média, são 15 anos de dedicação para aquele animal, que precisará de boa alimentação, espaço e companhia. Tudo isso precisa ser considerado na hora de adotar”, afirma a presidente da SOS Vira-Lata, 
Georgia Feltrin Rosa. Além disso, é preciso prestar atenção nos gastos envolvidos, como remédios, vacinação e visitas ao veterinário. 

A secretária Vanessa Teixeira sempre ouviu os pedidos da filha para ter um cachorro. Na última Feira de Adoção realizada pela SOS Vira-Lata, Vanessa e o marido resolveram atender o pedido da pequena. “Não pensávamos em adoção porque ficamos o dia fora de casa, tinha medo de deixar o animal sozinho. Mas agora a gente se organizou e arrumou
 espaço maior para ele. Nossa filha é carinhosa e precisava de uma companhia”, conta.  

Segundo a presidente da ONG, existem perfis com características que podem dificultar a adoção. “Animais idosos, deficientes, porte grande e até mesmo os adultos dificilmente são escolhidos. Mas para as pessoas que não querem ter que ensinar o ideal são animais adultos e mais velhos, pois são mais tranquilos e 
educados”, ressalta.  

A vendedora Janaína Gomes adotou a Chica, uma cadela idosa com idade entre oito e 10 anos. “Quando vi ela, me lembrei da outra cadelinha que tive e morreu 
 dois anos. Dei o mesmo nome por elas serem tão parecidas e também é uma homenagem”, explica.   

As Feiras de Adoção ocorrem mensalmente, sempre no segundo sábado do mês
, no estacionamento do Nações Shopping. Quem quiser adotar e não puder comparecer na feira pode procurar nas publicações no Facebook e Instagram da SOS Vira-Lata. Nas fotos dos animais disponíveis para adoção tem o contato da pessoa responsável do lar temporário. 

Como ajudar:
 

Rações e medicamentos podem ser doados nos pontos de coleta: 
Super Pet Show no Giassi Santa Bárbara, Petcampo Agroshop no Bistek e Avenida Centenário, e SOS Hospital Veterinário no bairro Pio Correa. Contribuições podem vir por meio de boleto (mensal). O pedido pode ser feito pelo e-mail boletososviralata@gmail.com. Ou comprando os produtos da SOS Vira-Lata: camisetas, calendário, guarda-chuva e garrafinhas de água, nas Feiras de Adoção e outros eventos que a associação participa.  

Doação em dinheiro: 
 
Beneficiário: SOS Vira-Lata  
Banco do Brasil  
AGÊNCIA 3420-7 / CONTA C.: 100.392-5  
CNPJ: 11.825.120/0001-44 

TEXTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews