Jungmann diz que governabilidade está mantida, apesar de dificuldades

09 Jun, 2017 16:30:32 - Brasil

Brasília (DF)

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o Brasil tem conseguido manter a governabilidade, apesar de as dificuldades pelas quais o país passa “terem se intensificado”.  As afirmações foram feitas hoje (9) após ele participar de uma cerimônia em comemoração aos 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo.

No evento, o comandante da Marinha e almirante de esquadra, Eduardo Bacellar, disse que o Brasil passa por uma "crise profunda e multifacetada". "No entanto, por mais grave que se apresente, a crise nunca será mais forte nem maior do que nós, brasileiros”, disse o comandante.

“Que o espírito de união e o fervor patriótico de Riachuelo fortaleçam-se e sirvam de estímulo para superarmos nossas diferenças e atravessarmos seguros este período de adversidades e sacrifícios. A despeito de termos as nossas atenções e esforços voltados para os graves problemas internos, não podemos nos iludir com a sensação de segurança no campo externo e de perenidade da paz", disse o comandante.Citando a Batalha Naval do Riachuelo, lembrada na data magna da Marinha, Bacellar disse que, para superar as dificuldades, o país deverá ter “o mesmo espírito” de quando enfrentou, na Guerra do Paraguai, os inimigos no Rio Riachuelo, um afluente do Rio Paraguai, na província de Corrientes, na Argentina.

Após ter ouvido o discurso do comandante, Jungmann falou com a imprensa e fez comentários sobre a crise política e sobre o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Sempre tive a visão de que esse governo, pelas suas características e pelo fato em que ele mesmo se deu, seria um governo difícil. Não seria um governo fácil. Nunca me iludi a esse respeito. Essas dificuldades, todos sabem, não adianta aqui nos iludir, têm se intensificado”, disse ele. “Mas no meu modo de entender, acho que o governo tem conseguido, até aqui, manter a governabilidade. Isso é o que importa efetivamente para o Brasil, e é isso o que entendo estar acontecendo. Torço para que continue”, acrescentou.

Jungmann falou também sobre a reforma da previdência dos militares, em elaboração. Hoje ele acenou com a possibilidade de um projeto a ser apresentado ao presidente Michel Temer ser concluído ainda em junho, já que não foi possível finalizá-lo em maio, como anunciado anteriormente. “Quanto ao presidente, [quando] vai enviá-lo ao Congresso Nacional, isso é uma decisão política que não nos compete. Mas quero dizer que a questão da reforma da proteção social dos militares, que é o termo correto, e da revisão das carreiras, tudo deve ser concluído tecnicamente, espero não ser desmentido, até o final de junho”, disse o ministro.

TEXTO/ LIDIA NEVES/ AGÊNCIA BRASIL

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews