• Italianos apontam potencialidades do Vinho Goethe

Italianos apontam potencialidades do Vinho Goethe

09 Out, 2018 09:53:26 - Variedades

Urussanga (SC)

Urussanga recebeu a visita dos profissionais italianos, o enólogo Mauro Zardetto, o enólogo e professor da Scuola Enologica ISISS "G.B. Cerletti" di Conegliano/IT, Luigi Franco, e o representante do grupo Della Toffola, que elabora equipamentos relacionados à enologia, Giovanni Fedato, para realizar uma capacitação com os produtores de uva e vinho inseridos na Indicação de Procedência dos Vales da Uva Goethe, além de dar continuidade a uma aproximação entre a Scuola Enologica, Prefeitura de Urussanga, Associação ProGoethe e Epagri, para a possibilidade de instalação de uma filial desta escola, que é a mais antiga da Itália, em Urussanga.

Durante toda a semana, uma programação especial foi definida para apresentar os municípios dos Vales da Uva Goethe, com destaque para Urussanga e Pedras Grandes, reforçar suas potencialidades e ações que deverão ser realizadas. Também foram visitados os produtores de uva, as cantinas artesanais e vinícolas de Urussanga. “A vinda dos enólogos acompanhados do representante da empresa foi essencial para que pudéssemos juntos estabelecer relação entre a instituição italiana e os nossos produtores. Os italianos ficaram surpresos com a potencialidade, principalmente da Uva Goethe, pelas suas características marcantes, com uma identidade única, forte e com potencialidade para ser explorada como um vinho de referência da nossa região e que poderá contrastar com os demais vinhos brancos encontrados no mercado pela sua forte identidade”, enaltece o diretor de cultura e turismo de Urussanga, Névton Vicente Rech Bortolotto.

Durante a visita a Urussanga, os italianos participaram de visitas aos parreirais, à Epagri, além de participarem de reunião com representantes do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), e ministrarem um curso especial voltado para os produtores de vinho da região. “Os vinicultores e vitivinicultores da nossa região se deram conta de que a visita deles nos seus estabelecimentos e propriedades demonstrou que é possível melhorar a potencialidade deste vinho, utilizando-se de técnicas e métodos mais científicos, os quais poderão também ser fornecidos pela Epagri, que já realiza esse serviço há muito tempo, e buscar em momentos especiais a melhor forma para se explorar todas as qualidades positivas do Vinho para que ele se torne a diferença e referencia regional no setor vinícola”, explica Bortolotto.

Na conclusão dos trabalhos e das atividades realizadas pelos italianos na região, elaborou-se uma agenda de atividades preparatórias para a Vindima 2019, que será realizada em janeiro, em Urussanga. “Esta agenda consiste em encontros realizados por meio de teleconferência entre todos os parceiros interessados da região e com os técnicos da escola enológica de Conegliano. O primeiro encontro está marcado para o dia 19 de outubro, sexta-feira, das 9h às 11h. Até o mês de janeiro, vários encontros desta natureza serão efetuados no mesmo local com o objetivo de estruturar o projeto que contempla a Vindima de 2019 e ações para a criação da futura escola de enologia da região, com sede em Urussanga”, garante Bortolotto.

Para o prefeito Gustavo Cancellier o trabalho desenvolvido em conjunto com as entidades do município será muito importante para evidenciar ainda mais o Vinho Goethe e Urussanga. “Estamos realizando um trabalho importante desde o ano passado para colocar o nosso vinho Goethe em evidência. A visita dos italianos foi mais um importante passo para que este trabalho seja desenvolvido, inclusive com a possibilidade da instalação de escola enológica na cidade. Algo que irá beneficiar não só o nosso município, como também toda a região”, garante o prefeito.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/ DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança