Impasse na negociação da construção civil

23 Jan, 2019 15:20:43 - Economia

Criciúma (SC)

Segue o impasse na negociação coletiva dos trabalhadores da construção civil de Criciúma e região de 2018. Com a data-base em 1º de maio, somam 10 meses contando com 13º salário, sem os trabalhadores receberem o reajuste: “Mesmo com a nossa cobrança e abertura para fazer o acordo, o patrão não quer se reunir. Nossa preocupação é ainda maior pela nova data-base que chega em poucos meses sem fecharmos a do ano passado”, afirma o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Ceramistas e Construção Civil de Criciúma e Região, Itaci de Sá. Conforme o sindicalista, os profissionais estão bastante indignados com esta falta de reconhecimento e valorização da sua mão de obra e das suas necessidades.

Reivindicação: Os trabalhadores pedem 5% de aumento real e 1,69% da inflação do período, além da manutenção das cláusulas vigentes. O atual piso do servente é de R$ 1.500,00 e o do profissional (pedreiro) de R$ 1.990,00. São cerca de dois mil trabalhadores na região.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews