• III Congresso Catarinense de Aleitamento Materno abre inscrições

III Congresso Catarinense de Aleitamento Materno abre inscrições

26 Jun, 2018 11:44:53 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

O Congresso Catarinense de Aleitamento Materno chega à 3ª edição neste ano com a expectativa de reunir mais de 600 participantes entre os dias 4 e 5 de julho, na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis (SC).

O objetivo é atualizar os profissionais de saúde e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) envolvidos com as políticas públicas relacionadas à amamentação e à saúde da mulher sobre o manejo clínico da lactação, proporcionando orientações preventivas e curativas. Além disso, vai discutir temas relacionados ao aleitamento materno, como políticas públicas voltadas para a promoção do aleitamento materno, aplicabilidade das leis trabalhistas e aleitamento: licença-maternidade, prorrogação da licença-maternidade e direitos de amamentar durante a jornada de trabalho.

Idealizado pelo médico pediatra Dr. Cecim El Achkar e pela Enfermeira Soninha Silva, que ousaram ao criar um evento gratuito focado para um público numeroso e diversificado da área da saúde, o Congresso conta com a presença de palestrantes renomados e reconhecidos nacionalmente pelo trabalho na área, tornando o evento ainda mais atrativo e democrático.

Dr. Cecim, um entusiasta da amamentação, reforça que é muito importante a participação de pediatras no evento para que estejam atualizados com os temas inerentes ao aleitamento materno e que possam realizar a troca de conhecimento com outros colegas da área, com o objetivo de contribuir na solução de problemas que as mães apresentam aos médicos no dia a dia.

A enfermeira obstetra Soninha Silva, consultora em amamentação do departamento de Atenção Integral à Saúde da Qualirede em SC, explica que uma em cada quatro mulheres enfrenta dificuldades na hora de amamentar, e que todas precisam de assistência profissional no pré-natal, no momento do nascimento e no decorrer da amamentação. “A amamentação não é instintiva nos humanos. A mãe precisa aprender a amamentar e o bebê necessita aprender a ser amamentado, por isso a importância de procurar apoio de profissionais e recorrer a fontes seguras e atualizadas de informação”, detalha a enfermeira.

Importância do aleitamento materno

O aleitamento materno salva vidas porque é prevenção segura contra uma série de doenças infecciosas e crônico-degenerativas. O leite materno é a primeira vacina, provê nutrição ótima e representa segurança alimentar. A amamentação também desenvolve um vínculo afetivo único entre mãe e bebê e beneficia a saúde da mulher. “A prática de amamentar precisa ser recuperada, através de um conjunto de ações de promoção, apoio e proteção numa ação como esta”, enfatiza Soninha.

Participação gratuita

As inscrições já estão abertas e são gratuitas! Interessados devem se inscrever pelo link: http://escola.alesc.sc.gov.br/evento/?eid=1240

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

EXPRESSO COLETIVO ICARENSE
CDL