• Holter 24h: o exame que espia o coração

    Médico cardiologista do HSJosé explica sobre a importância do exames e como ele é realizado

Holter 24h: o exame que espia o coração

16 Jul, 2018 11:25:24 - Saúde

Criciúma (SC)

Conhecido como espião do coração, o Holter ou Eletrocardiograma de 24 horas é um dos mais completos e modernos exames cardiológicos existentes. Você já ouviu falar neste exame? O procedimento pode avaliar inúmeros problemas cardíacos. Ele permite monitorar alterações e reações, que outros tipos de análises não conseguem fazer, deste órgão tão essencial para vida do ser humano.

“Minucioso e preciso, o exame de Holter é indicado para investigar distúrbios do ritmo cardíaco (acima de 100bpm), bradicardia (<50bpm) ou extra-sístoles (batimentos extras, fora do compasso cardíaco) e sintomas relacionados, principalmente as palpitações (percepção de alterações na batida do coração).

O exame permite identificar uma grande variedade de doenças do ritmo cardíaco, desde questões muito simples até doenças ameaçadoras à vida, como episódios de taquicardia ventricular e bloqueio atrioventricular total intermitente”, esclarece o cardiologista do Hospital São José Dr. André De Luca dos Santos (CRM-SC 11.807-RQE 7679).

Ainda de acordo com De Luca, pessoas de todas as idades podem realizar este tipo de procedimento, inclusive gestantes e bebês. Ele só não é indicado para pessoas com algum tipo de alergia na pele ou hipersensibilidade aos eletrodos.

Um exame simples e com muitos benefícios

A realização do exame é simples. Um dispositivo/monitor portátil é fixado no corpo do paciente - o material é colocado no próprio consultório médico, em uma data agendada. Opaciente chega para o exame seguindo algumas instruções: banho tomado, não passar nenhum creme no tórax e vir com uma roupa quer tenha uma abertura na frente. São fixados eletrodos na pele do paciente e conectados os fios do Holter e pronto.

O paciente pode (e deve) ter um dia dentro de sua normalidade (trabalho, casa, estudo, dormir, etc). Além disso, ele recebe uma folha para preenchimentos de eventuais sintomas que ele possa apresentar durante a realização do exame. Assim é possível confrontar os sintomas com os registros eletrocardiográficos, que captam os batimentos cardíacos do indivíduo e registram se houve alguma alteração ao longo do período como: como coração acelerado, tontura e cansaço.

Como funciona o espião do coração?

Este processo é possível pois há eletrodos de contato aderidos ao tórax do paciente, que são conectados ao gravador por meio de cabos. O monitor fica preso a cintura do paciente por 24h ou mais, dependendo a indicação médica. “Por isso pedimos ao paciente que utilize uma espécie de diário, no qual ele irá descrever todas as atividades realizadas no dia da monitorização e os horários destas atividades”, explica o cardiologista.

O exame de Hoter 24h também é indicado a pacientes que realizaram algum tipo de procedimento cirúrgico no coração. Ele irá indicar como o coração está após a cirurgia e, com a monitorização, será possível verificar se a pessoa pode voltar a sua vida normal.

Após o exame, geralmente 24h depois, o monitor é desconectado do corpo do paciente e todas as informações recebidas pelo aparelho serão verificadas e analisadas pelo cardiologista. Por meio de um relatório e outros exames complementares será possível fazer um diagnóstico do problema ou não paciente.

O que significa Holter?

Holter é o sobrenome do seu inventor Norman Jefferis Holter; um biofísico norte-americano que inventou o monitor Holter em 1949. O dispositivo portátil para a monitorização contínua da atividade elétrica cardíaca por 24 horas ou mais, com melhorias ao longo dos anos, continua sendo muito utilizado nos dias de hoje.

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

CDL Içara