• Exposição fotográfica traz mensagem de conscientização

Exposição fotográfica traz mensagem de conscientização

09 Out, 2019 16:04:33 - Geral

Criciúma (SC)

Imagens servem para registrar momentos, fatos e acontecimentos do cotidiano. Além de servirem de registro, elas transmitem e contam mensagens para os seus expectadores. E se essas mensagens contarem a história de mulheres que lutaram contra suas doenças e hoje enxergam a vida com o ar de superação? Esse é o objetivo da exposição que está no hall da reitoria da Unesc e mostra um ensaio fotográfico de 11 mulheres que superaram ou ainda estão em tratamento do câncer. As fotos seguem expostas até o dia 15 de outubro.

A mostra faz alusão à campanha Outubro Rosa, mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama. A iniciativa é do curso de Moda do Senai/Unesc, que, por meio de uma atividade interdisciplinar com alunos da quarta fase, realizou 22 fotos de 11 mulheres com câncer, principalmente de mama. As modelos do trabalho fazem do grupo Amigas do Peito, de Cocal do Sul.

O principal objetivo da atividade é de contribuir com o mês e sensibilizar a população sobre o câncer de mama, de forma lúdica e criativa. “No começo de todo o semestre nós conversamos sobre atividades de responsabilidade social que o curso pode trabalhar e neste semestre optamos por fazer essa atividade referente ao Outubro Rosa”, coloca a coordenadora do curso, Charlene Vicente Amâncio Nunes.

A atividade foi realizada nas disciplinas de Moda, Sociedade e Cultura e Produção de Moda. Os acadêmicos instruíram as modelos sobre a produção das poses, das expressões corporais e os adereços. “Queremos despertar com essas fotos a sensibilização para que as pessoas tenham mais cuidado com a saúde e que essas mulheres possam contar a sua história”, acrescenta Charlene.

O ato de florescer

A fotógrafa Juli Marques foi a responsável por registrar em suas lentes todos os detalhes das 11 modelos. Foi a primeira vez que ela participou de uma produção deste estilo. “Fiquei muito contente com o convite e aceitei na hora. Sempre foi algo que eu tive em mente de produzir, porém não havia tido oportunidade ainda”, coloca.

Um adereço utilizado nas fotos que, de acordo com Juli, transmite uma bela mensagem são as flores. “Queria passar a mensagem de que as pessoas possam olhar para as flores e possam florescer”, comenta. “Além disso, com essa exposição nós vemos o quanto as pessoas podem ser fortes e que as coisas não precisam ser tão ruins assim, que eu posso ser transformador de ambientes”, enfatiza.

Exemplos de superação

Entre as modelos, está Fátima Rosani Cologni, de 51 anos. Com um sorriso largo no rosto, Fátima se mostrou realizada com a participação nas fotos. De acordo com ela, a ação foi como um dia de princesa. “É uma experiência muito gratificante, pois fomos atendidas com muito carinho e dedicação dos acadêmicos”, comenta. Conforme ela, as fotografias transmitem um forte sentimento. “Com essas fotos nós podemos passar a mensagem de que as pessoas não podem se sentir vitimizadas e com isso podemos nos sentir amadas”, completa.

Outra modelo que participou da produção das fotos foi Silvana Ghizzo, de 50 anos. Silvana acredita que a exposição pode incentivar as pessoas a valorizarem a autoestima. “Me sinto com dever comprido e mostrando tudo que eu posso e tudo o que eu quero fazer”, afirma. Conforme Fátima, o grupo Amigas do Peito atua com 22 mulheres e sua principal bandeira é a de ser feliz e ter autoestima. “Trabalhamos com a vida e de promover a vida”, explica. “No primeiro momento a doença te tira do chão. Mas a vida não é assim. Temos que viver uma coisa de cada vez e ver tudo de bom que a vida te proporciona”, finaliza.

As fotos ficarão expostas na Universidade até o dia 15 de outubro e estarão no Nações Shopping de 21 a 31 de outubro.

TEXTO E FOTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança