• Estudantes da Unisul embarcam para missão do Projeto Rondon

Estudantes da Unisul embarcam para missão do Projeto Rondon

10 Jul, 2018 15:56:08 - Educação

Tubarão (SC)

Oito alunos e dois professores da Unisul Campus Tubarão embarcam nesta sexta-feira,  dia 13 de julho, para mais uma missão do Projeto Rondon. O destino dos estudantes é Coité do Nóia, uma cidade de mais de 11 mil habitantes situada em Alagoas. Os rondonista são alunos dos cursos de Nutrição, Enfermagem, Educação Física, Medicina, Relações Internacionais, Odontologia, Ciências Biológicas e Psicologia.

O Projeto Rondon, que existe desde 1967, é sempre feito durante as férias dos estudantes e custeado em parte pelo Ministério da Defesa, desenvolvedor do projeto, a universidade e o município de destino. Para que um grupo de rondonistas seja formado, é preciso haver o interesse de algum estudante. Para a missão deste semestre, a iniciativa foi do aluno de medicina, Otto Feuerschuette, que desde pequeno ouviu histórias de sua mãe, que também foi uma rondonista. “É uma oportunidade incrível e poderemos ajudar a mudar a realidade de uma comunidade. Sempre tive vontade de participar, e neste ano, quando a professora explicou em sala sobre a iniciativa, não pensei duas vezes e inscrevi o meu projeto”, conta.

Multiplicadores de conhecimento

A professora Cristini da Rosa Turatti, coordenadora do curso de Nutrição e também da missão para Coité do Nóia, conta que houve um processo de capacitação dos estudantes e que este é um projeto multidisciplinar. “Iremos para Alagoas como multiplicadores de conhecimento e daremos oficinas e palestras para professores, agentes comunitários e também para a população. Nossos estudantes, apesar dos diferentes cursos, irão trabalhar juntos e trocando experiência entre si”, conta a professora.

Os alunos ficarão 15 dias em Alagoas compartilhando conhecimento com os moradores locais. Mas há quem acredite que a mudança é muito maior para quem vai do que para quem recebe os estudantes. Segundo Cristini, esta é uma experiência que só sente quem participa. “Os alunos vão de uma maneira e voltam de outra. Há uma mudança de perspectiva quando eles possuem contato com outras realidades”. A estudante de Nutrição, Thays Di Marco Ataides está ansiosa pela oportunidade. “Vai ser uma experiência importante para a nossa vida, para o nosso currículo e também para o nosso crescimento pessoal”, fala Thays.

União entre universidades

Outro grupo de alunos da UFSCar, a Universidade Federal de São Carlos, se juntará aos estudantes da Unisul para esta missão. Para o professor Wladmir Pimenta, que também acompanhará os alunos, esta é uma oportunidade muito enriquecedora na vida dos missionários. “Se todos tivessem a chance de participar seria excelente. Fico contente em ver o interesse e a entrega dos alunos”.

TEXTO E FOTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews