Encontro de Presidentes dos TREs debate funcionamento da Justiça Eleitoral

06 Ago, 2018 20:51:17 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

A Justiça Eleitoral Brasileira, seu funcionamento e projetos de inovação estão sendo debatidos nesta segunda e terça-feira (06 e 07.08) em Brasília. Trata-se do 73º Encontro do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), evento que ainda reúne grupos de Direção-Geral, Comunicação, TI e Escolas Judiciárias.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, desembargador Ricardo Roesler, não pôde estar presente, em razão de estar em viagem institucional no oeste do estado catarinense no evento Justiça Eleitoral Itinerante. A Presidência do TRE-SC foi representada pelo juiz do Pleno Antônio Zoldan da Veiga, que apresentou a campanha “Eleição com participação é eleição sem corrupção”. A campanha, desenvolvida pelo TRE-SC, tem o objetivo de mobilizar entidades da sociedade civil, doadores e fornecedores de campanha, partidos políticos e cidadãos para a realização de eleições com mais ética e transparência.

A abertura do Encontro do Colégio de Presidentes foi feita pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso, e também do Coptrel, desembargador Márcio Vidal. “O Coptrel vai aprofundar a discussão sobre a estrutura dos Tribunais Regionais Eleitorais, principalmente a estrutura de comunicação. Dialogar com a sociedade é fundamental e estratégico para a Justiça Eleitoral. Precisamos estar mais próximos do cidadão, mostrar que a democracia depende de sua participação direta”, ressaltou o desembargador.

Os debates do encontro dos presidentes dos TREs têm como destaques questões práticas, como os procedimentos para auditorias, sistemas de acompanhamento, gestão e logística de eleições, meios para o atendimento virtual ao eleitor, dimensionamento da força de trabalho e serviços para facilitar a divulgação de informações, entre outras.

Paralelamente ao encontro dos presidentes, acontece o Encontro dos Diretores Gerais. Na programação, estão como pontos de debate mudanças sugeridas pelo TSE na minuta da Resolução da Governança, alterações propostas à minuta da resolução da estrutura orgânica dos tribunais, cenário orçamentário da Justiça Eleitoral e terceirização no serviço público.

Durante o encontro dos DGs, o TRE-SC foi escolhido para representar os tribunais eleitorais no Grupo de Trabalho que irá revisar as normas que definem a estrutura dos TREs, em decorrência da alteração da Resolução TSE nº 22.138/2005. Outro evento paralelo é o Encontro dos Assessores de Comunicação, cujo foco é o papel da comunicação no processo eleitoral e as responsabilidades da Justiça Eleitoral.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança