• Empresas do setor de bebidas apoiam campanha “Compre de SC”

Empresas do setor de bebidas apoiam campanha “Compre de SC”

05 Jul, 2018 15:26:04 - Economia

Florianópolis (SC)

A mistura de etnias que colonizou Santa Catarina, além da diversidade cultural, trouxe para o Estado a capacidade de empreender. Nos mais diferentes segmentos, é possível encontrar a marca catarinense de produzir. No mercado de refrigerantes, por exemplo, algumas fábricas acumulam décadas de trabalho e tradição - uma contribuição que ganha reconhecimento com a campanha Compre de SC.

Expansão no Sul

“Nós entendemos que o Estado tem que ser um grande parceiro, estamos gerando impostos e empregos há mais de 75 anos e ficamos muito felizes, porque, pela primeira vez, ocorre um movimento nesse sentido, coisa que a gente só via em estados vizinhos”, expressou Eymard Frigotto, diretor superintendente da Água da Serra, empresa de refrigerantes instalada em Braço do Norte.

Recentemente a fábrica do Sul do Estado passou por um processo de expansão, com investimentos de R$ 15 milhões. Foi possível dobrar a capacidade instalada com a produção mensal passando de três para seis milhões de litros. A empresa planeja investir R$ 50 mi até 2026, incluindo o treinamento e qualificação de recursos humanos. O processo vai ampliar a geração de empregos (cerca de 83 diretos e 150 indiretos).

“Fazemos a nossa parte, geramos empregos, impostos e outras contribuições sociais. Nos sentimos orgulhosos quando o exemplo também vem do outro lado”, reitera o diretor ao se referir à imagem do governador Eduardo Pinho Moreira consumindo o produto que é o carro-chefe das vendas. Atualmente, o mercado catarinense absorve 75% da produção, o restante é comercializado em Curitiba e região metropolitana.

Mais de um século de tradição

Em Rancho Queimado, a centenária fábrica da Pureza vende 100% do que produz em Santa Catarina. “Já atuamos numa situação bem regionalista e a campanha “Compre de SC” ajuda a fortalecer ainda mais a nossa marca, o que é fundamental, porque queremos expandir os negócios”, avalia Sergio Murilo Sell, um dos gerentes administrativos da empresa.

Conforme o gerente, a capacidade total de produção da fábrica é para três milhões de litros por mês. No município com aproximadamente três mil habitantes, são empregadas 602 pessoas. “Cerca de 20% da população local está trabalhando com a gente”, conta Sell.

No Vale do Itajaí

O diretor presidente da Max Wilhelm, localizada em Blumenau, Otávio Greuel, destaca a importância da campanha no sentido de estimular o consumo no mercado local. Segundo Greuel, a produção poderia dobrar com o aumento do consumo pelos catarinenses. Atualmente o parque industrial da empresa, no Vale do Itajaí, produz um milhão de garrafas.

"Campanhas como essa são importantes, porque toda a nossa venda reverte para resultados dentro do Estado. Todos os nossos funcionários também são beneficiados com esse consumo. Indústrias de todo país, ou mesmo multinacionais, que comercializam produtos em Santa Catarina, levam o dinheiro daqui para outros estados ou para o exterior. Por isso, o incentivo ao consumo do que é produzido em Santa Catarina é muito importante. O que é produzido aqui reverte para melhorias dentro do Estado”, conclui o empresário.

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews