• Em 20 dias, mais de 500 foram atendidos na Policlínica

Em 20 dias, mais de 500 foram atendidos na Policlínica

07 Jul, 2016 00:00:00 - Saúde

Balneário Rincão (SC)

Vinte dias após a inauguração, a Policlínica do Balneário Rincão divulgou hoje (06) o número de atendimentos realizados no município. Por meio de um mutirão realizado, foram atendidos  mais de 500 pacientes em consultas e exames de média complexidade.

Conforme a Auditora em Saúde, Greicy Viera Medeiros, a fila dos agendamentos ficou completamente zerada e os pacientes ficaram satisfeitos.  O aposentado, Alcides José Gomes, de 82 anos, foi procurar um médico na policlínica devido a febre alta e a dificuldade para urinar. “Vou me consultar com um clínico geral e vou pedir encaminhamento para um urologista. A policlínica foi um presente para nós”, comemora Gomes.

Dentre as especialidades mais procuradas pelos usuários são a Ortopedia e a Ginecologia. “Está sendo um trabalho satisfatório porque estamos conseguindo zerar a fila de espera. Com isso, estamos suprindo as necessidades dos usuários e oferecendo uma melhor qualidade no atendimento com um ambiente estruturado e amplo. Pretendemos dar sequência a essa assistência rápida aos nossos pacientes”, avalia a auditora.

A auditora lembra também aos usuários que a Policlínica não conta com o atendimento de emergência e urgência. O horário de atendimento é das 8h às 12 horas e das 13 às 17 horas. Um médico do trabalho é disponibilizado também no horário das 17 às 21 horas para contemplar as pessoas que trabalham o dia inteiro. Nos próximos dias, a Policlínica também abrigará uma sala para pequenas cirurgias. Ainda segundo Greicy, todos os procedimentos e as consultas médicas especializadas foram custeadas pelo governo do município. O valor total foi de R$ 25.850,53.

Consultas médicas Especializadas dentro do município

 

 

Especialidade

Número de consultas

Cardiologista

54

Ortopedista

48

Ginecologista

62

Pediatra

24

Psiquiatra

45

Fisioterapia

400 sessões

Terapia ocupacional

30 pacientes

Psicólogo

30 pacientes

Clínico Geral

268 pacientes

Nutricionista

30

Teledermatoscopio

8 exames

Eletrocardiograma

57 exames

Paciente já usufrui dos cuidados da fisioterapia na Policlínica

A servidora pública Carolina Santiago, 33 anos, há um pouco mais de 20 dias, foi hospitalizada com pneumonia e logo depois paralisação do lado esquerdo do corpo. Segundo a fisioterapeuta Andressa Cagnini, isso aconteceu porque há uma má formação do cerebelo no qual ocasionou um edema que comprimiu o cerebelo e gerou a hemeparisia – perda de sensibilidade e movimentos da metade do corpo. “Esta má formação é congênita e aconteceu na gestação da mãe de Carolina e somente agora veio a se manifestar”, comenta Andressa.

Todos os dias, Carolina participa de uma sessão de fisioterapia que consiste na eletroestimulação dos músculos. Com isso, a servidora terá seus músculos fortalecidos e terá a percepção do movimento. “Espera-se que o edema suma, caso contrário será realizada uma cirurgia para desobstruir o cerebelo”, reitera.

O cerebelo é a parte do encéfalo responsável pela manutenção do equilíbrio, pelo controle do tônus muscular, dos movimentos voluntários, e aprendizagem. A partir do momento em que se retomam os movimentos do corpo não há necessidade de uma intervenção cirúrgica, somente de um acompanhamento médico especialista, no caso, um neurologista.

Por enquanto, Carolina caminha com dificuldades e com apoio. As sessões de fisioterapia estão auxiliando na sua recuperação. Para ela, a policlínica abriu na hora certa. “Só no fato de não precisar me deslocar do Balneário Rincão já é ótimo. Além  de receber todo o tratamento gratuito e rápido”, diz satisfeita.


REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

EXPRESSO COLETIVO ICARENSE