• Dores de cabeça podem ser sintomas de doenças mais graves e estresse

Dores de cabeça podem ser sintomas de doenças mais graves e estresse

29 Jun, 2020 14:16:18 - Saúde

Criciúma (SC)

O estresse do dia a dia, hábitos de vida nada saudáveis, a ansiedade ou até mesmo doenças mais graves, como tumores ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), podem estar relacionados, ou mesmo ser a causa de sintomas que trazem incômodo e interferem diretamente na qualidade de vida das pessoas: a dor de cabeça.

“Este é um problema que se torna mais do que um incômodo, ele compromete a qualidade de vida das pessoas. As dores de cabeça podem ser consequência de algumas doenças (como tumores, pressão alta dentro da cabeça ou um AVC agudo, por exemplo), ou então, ela mesma pode consistir na própria doença, na forma de uma enxaqueca ou cefaléia tensional, as chamadas cefaléias primárias. Sentir dor nunca é normal, ainda mais se ela se tornar grave o suficiente para se mostrar diária”, explica o médico neurologista do HSJosé, Dr. Glauco Duarte da Luz (CRM-7380 | RQE-4236).

De acordo com o especialista, é fundamental que a pessoa busque ajuda, na medida em que essas dores de cabeça se tornem frequentes o suficiente para limitar ou trazer até mesmo incapacidades na vida, ou dificuldades no dia a dia.

Automedicação também traz problemas

Segundo o médico, outro problema também enfrentado nestes casos é a automedicação. “Tomar medicamentos exageradamente também não é recomendado. Se sentir dor de cabeça com frequência, é importante procurar o médico. Os analgésicos nos ajudam, nos dão conforto e podem interromper uma crise. Porém, a partir de determinado limite os analgésicos podem se transformar em uma ‘armadilha’. Quanto maior a frequência da necessidade do uso de analgésicos, eles podem transformar o problema em uma dor crônica”, garante Dr. Glauco. “Se sentir dor, é preciso pedir ajuda, porque estamos falando de qualidade de vida, de incapacidade de fazer suas atividades do dia a dia, de abstenção ao trabalho. Enfim, é muito importante que as pessoas possam tomar uma atitude. Afinal, dor de cabeça tem solução”, complementa o médico.

Sobrecarga emocional também pode interferir

O estresse e a ansiedade estão entre os fatores que podem ocasionar uma dor de cabeça tensional imposta por uma sobrecarga emocional. “Ao reagirmos frequentemente de forma exacerbada aos contratempos e as dificuldades do dia a dia, acabamos por adoecer, uma vez que o excesso de hormônios de estresse pode ocasionar algumas disfunções, entre elas a enxaqueca. É importante uma autoanálise, rever os sentimentos e comportamentos que possam estar gerando tensão e preocupação”, enaltece a psicóloga clínica do HSJosé, Heloísa Helena Cassal Beirão.

De acordo com a especialista, algumas alterações de rotina e comportamentos são importantes para garantir a solução do problema. “É importante que as pessoas possam diminuir o máximo a ansiedade através da ajuda de especialistas e suporte psicológico. Além disso, rever os hábitos de vida, ter um sono adequado, alimentação balanceada, atividade física e exercícios de relaxamento podem trazer uma grande melhora”, aponta a psicóloga.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança