• DNIT prepara plataforma de calçadas em via lateral da BR-101

DNIT prepara plataforma de calçadas em via lateral da BR-101

25 Set, 2017 14:13:40 - BR-101

Tubarão (SC)

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) dá continuidade nesta segunda-feira, 25, para a preparação da plataforma de calçadas em construção na BR-101 Sul. Os trabalhos são feitos em via lateral paralela ao fluxo de veículos no sentido Florianópolis-POA (lado direito), dentro do aglomerado urbano de São Cristóvão, um dos bairros que a rodovia federal cruza no município de Tubarão.

Neste início de semana, a autarquia faz o primeiro segmento na compactação do aterro e colocação de rocha britada para prosseguir com a concretagem do passeio público, próximo ao km 341. Esse é o ponto de partida da construção, que já alcançou o km 343 com escavação de berço (vala) para instalação dos tubos para sistema de drenagem, colocação de aterro e finalização de 18 pontos de captação pluvial (bocas-de-lobo).

Para os motoristas e pedestres, o DNIT/SC recomenda atenção e cuidados constantes, pois sobre a pista há trabalhadores e equipamentos abrindo a trincheira, construindo drenagem e adensando aterro, isolados pela sinalização provisória de obras. Os motoristas devem atentar para o estreitamento das faixas de rolagem e reduzir a velocidade. Já a comunidade lindeira deve evitar a circulação por dentro do espaço de trabalho.

Os serviços vão continuar nas próximas semanas, dentro das condições de tempo estável.

A construção dos passeios públicos (calçadas) em aglomerados urbanos lindeiros da BR-101 Sul catarinense faz parte do programa de Melhoria das Travessias Urbanas, constante no conjunto dos 22 programas socioambientais e um Estudo do Plano Básico Ambiental das obras de duplicação. Este programa tem como objetivo atuar sobre possíveis distorções no uso e ocupação do solo, na segregação urbana e intrusão visual. Isto é, o considerável aumento na circulação de veículos em tráfego de longo curso, aliado a velocidade constante, como é o caso da duplicação da rodovia federal em zona urbana, gera certo conflito entre o espaço viário e o espaço urbano. Isso acaba causando sérios impactos para motoristas e pedestres, pois afetam o desempenho operacional das pistas e provocam a perda da qualidade de vida dos núcleos urbanos.

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTOS/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança