• DNIT alcança 21,4% de plataforma construída para passeios públicos

DNIT alcança 21,4% de plataforma construída para passeios públicos

11 Out, 2017 11:27:19 - BR-101

Tubarão (SC)

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) chega, nesta terça-feira, 10, a 600 metros de plataforma para passeio público (calçada) construída em via lateral da BR-101 Sul, em Tubarão. A frente de obras complementares à duplicação da rodovia federal está localizada no km 341, dentro do aglomerado urbano de São Cristóvão. A metragem construída equivale a 21,4% do total de 2.800 metros de passeios que serão disponibilizados aos pedestres. Os trabalhos continuam nesta semana, para seguir com cronograma de atividades.

A autarquia tem preparado outros cem metros de cancha para concretagem e agrega trabalhos para finalização do sistema de drenagem, adensamento de aterro e instalação de meios-fios (guias de bordo). A concretagem de novos segmentos vai acontecer nos próximos dias, com tempo estável persistindo.

O espaço já concretado ainda não está disponível para a circulação de pedestres, pois requer acabamentos como a instalação das tampas sobre as captações (bocas-de-lobo) e concretagem das bases e taludes em caixas coletoras pluviais (coleta da água das chuvas).

Durante as concretagem da plataforma, o DNIT/SC recomenda a motoristas e pedestres atenção e cuidados constantes, pois sobre há trabalhadores e equipamentos em operação, isolados pela sinalização provisória de obras. Os motoristas devem atentar para o estreitamento das faixas de rolagem e a entrada e saída dos caminhões betoneira. Já a comunidade lindeira deve evitar a circulação por dentro do espaço de trabalho.

A construção dos passeios públicos (calçadas) em aglomerados urbanos lindeiros da BR-101 Sul catarinense faz parte do programa de Melhoria das Travessias Urbanas, constante no conjunto dos 22 programas socioambientais e um Estudo do Plano Básico Ambiental (PBA) das obras de duplicação.

Este programa tem como objetivo atuar sobre possíveis distorções no uso e ocupação do solo, na segregação urbana e intrusão visual. Isto é, o considerável aumento na circulação de veículos em tráfego de longo curso, aliado a velocidade constante, como é o caso da duplicação da rodovia federal em zona urbana, gera certo conflito entre o espaço viário e o espaço urbano. Isso acaba causando sérios impactos para motoristas e pedestres, pois afetam o desempenho operacional das pistas e provocam a perda da qualidade de vida dos núcleos urbanos. 

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTOS/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews