• Dia Mundial do Diabetes tem caminhada pela prevenção em MF

    A equipe da Secretaria de Saúde percorreu a área central para chamar atenção da população a se cuidar e buscar o diagnóstico precoce.

Dia Mundial do Diabetes tem caminhada pela prevenção em MF

14 Nov, 2017 14:50:25 - Saúde

Morro da Fumaça (SC)

O Dia Mundial do Diabetes não passou em branco em Morro da Fumaça. Os colaboradores da Secretaria do Sistema de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) fizeram uma caminhada pela prevenção nesta terça-feira, 14, percorrendo a área central da cidade. Conforme a coordenadora da Atenção Básica à Saúde, Mariana Marques, o objetivo foi chamar atenção da população a se cuidar e fazer exames para buscar o diagnóstico precoce.

“A diabetes é uma doença grave que afeta grande parte da população e tem complicações importantes para os pacientes. Quanto mais cedo as pessoas descobrirem que têm diabetes, seja por desenvolvimento no organismo ou por questão hereditária, melhor são as chances de controle para conseguir viver melhor e com qualidade de vida”, comenta a Mariana.

A costureira Luzia Cascaes Duarte descobriu que tem diabetes há dois anos. O diagnóstico veio após uma série de exames para investigar o quadro depressivo que enfrentava. “A vida da gente muda quando se descobre uma doença deste tipo, pois temos que nos privar de uma série de coisas. Eu gostava de comer chocolate, cocada e tomar refrigerante, mas tive que cortar do meu cardápio. Por outro lado, aprendemos a gostar de coisas novas para manter a diabete controlada”, conta ela enquanto participava da caminhada de conscientização.

No Brasil, há mais de 13 milhões de pessoas vivendo com diabetes, o que representa 6,9% da população, segundo os dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela Internacional Diabetes Federation (IDF) em conjunto com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em resposta às preocupações sobre os crescentes números de diagnósticos no mundo.

Saiba mais

Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz, e a insulina é um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue. O corpo precisa desse hormônio para utilizar a glicose, que obtemos por meio dos alimentos, como fonte de energia.

Quando a pessoa tem diabetes, no entanto, o organismo não fabrica insulina e não consegue utilizar a glicose adequadamente. O nível de glicose no sangue fica alto, denominado hiperglicemia. Se esse quadro permanecer por longos períodos, poderá haver danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTOS/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança