• Comitiva do Serviço Geológico conhece projetos voltados ao setor carbonífero

Comitiva do Serviço Geológico conhece projetos voltados ao setor carbonífero

02 Dez, 2023 08:41:04 - Geral

Criciúma (SC)

Uma equipe do Serviço Geológico do Brasil (SGB) teve a oportunidade de conhecer os projetos e pesquisas de inovação na área ambiental que estão sendo realizadas para o desenvolvimento do setor carbonífero pelo Centro Tecnológico da SATC (CT SATC).  Técnicos do órgão conheceram as plantas pilotos, em especial a de captura de CO2.  


 “O Serviço Geológico do Brasil tem se dedicado à pesquisa de minerais estratégicos e críticos, especialmente aqueles disponíveis em resíduos ou rejeitos da mineração. Este tipo de pesquisa está em alta no mundo todo, em função da importância desses minerais na transição energética e é algo que o Setor Carbonífero do Sul catarinense, através do CT Satc, vem trabalhando há tempos”, explica o engenheiro do Siecesc (Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina), Márcio Zanuz, que acompanhou a delegação, juntamente, com Anderson Spacek e Vanessa Olivo Viola do CT Satc, nesta quinta-feira (30/11/2023).  


A comitiva foi composta pelo coordenador de economia circular do SGB, Felipe Tavares, coordenador executivo da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais, Maurício Pavan, bem como os pesquisadores em geociências, Giovani Parisi e Daiane Hames.  Eles participaram, em Criciúma, do Workshop da Associação Ibero-americana de Serviços de Geologia e Mineração – Mineração e os Passivos Ambientais e aproveitaram para conhecer os projetos desenvolvidos pelo CT Satc.  


O evento promovido pela SGB iniciou na última terça-feira (28) e encerrou nesta sexta-feira (1º) com uma visita as áreas de recuperação ambiental provenientes da ACP do Carvão. O Siecesc participou de todas as discussões, que envolveram profissionais da Espanha, Portugal, Peru, Chile, Argentina, Costa Rica, Honduras, EUA, Porto Rico e do Brasil.


 “O evento mostrou diversas iniciativas e pesquisas em países ibero-americanos que podem auxiliar no aperfeiçoamento das técnicas de diagnóstico, recuperação e gestão dos passivos da mineração, especialmente aqueles relacionados com o reaproveitamento dos resíduos e rejeitos”, destaca Zanuz.  


O Serviço Geológico Brasileiro é vinculado ao Ministério de Minas e Energia e no Sul catarinense é o responsável pela recuperação ambiental das áreas degradadas cuja responsabilidade foi atribuída à União.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

EXPRESSO COLETIVO ICARENSE
coopercocal