• Colunista Elza de Mello fala de outubro o mês vocacional

Colunista Elza de Mello fala de outubro o mês vocacional

18 Out, 2021 13:24:48 - Colunistas

Içara (SC)

Que o Outubro é o mês vocacional ninguém pode duvidar. Entra outubro e no desdobramos em homenagens à Santa Teresinha, aos Santos Anjos da Guarda, nosso Anjo protetor, São Francisco de Assis, a Imaculada Aparecida...etc.  em todas essas datas, os santos e santas são inspiração para que sigamos o vosso exemplo.

“Quero passar meu céu fazendo o bem na terra”, dizia Santa Teresa de Lisieux, conhecida como Santa Teresinha do Menino Jesus, cuja festa é celebrada dia 1º de outubro. A santa carmelita, mesmo com sua vida contemplativa, tornou-se a padroeira das missões e doutora da Igreja.

O Dia de Santa Teresa festeja-se a 15 de outubro. Teresa de Ávila, ou Santa Teresa de Jesus, nasceu a 28 de março de 1515 em Ávila, no Reino de Castela, e faleceu a 4 de outubro de 1582, em Salamanca. Desde criança se interessou pela vida dos santos mártires e tentou mesmo fugir com o irmão para uma região onde estavam muitos cristãos que eram martirizados, mas a vigilância dos pais impediu a ida. Aos 14 anos a sua mãe faleceu, o que aumentou a sua devoção pela Virgem Maria como mãe espiritual. Santa Teresa de Ávila é a protetora dos professores.

Teresa de Ávila foi canonizada em 1622, beatificada em 1614 e proclamada Doutora da Igreja em 1970. É considerada a santa padroeira das doenças, das dores de cabeça, das bordadoras, de pessoas sem pais ou a precisar da graça divina. É também a padroeira de Espanha.

No mês de Outubro festejamos também os Santos Beatos André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Presbíteros e Beato Mateus Moreira e Companheiros leigos, Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Mártires e servidores na terra, do Reino de Deus, são exemplo vivo de fé e dedicação que podem nos inspirar em nossa vida. Embora muitos condenem as canonizações e dizem ser pessoas comuns, na verdade foram pessoas inspiradoras de fé e de dedicação à Palavra de Deus. E o que era restrito às pessoas de elites sociais do passado, tomam lugar com pessoas que  se destacam em obras sociais, nos dias atuais.

Nunca o mundo clamou tanto por orações e falou tanto em amor como nos dias atuais. A pandemia trouxe motivos para orações em nosso isolamento social, é verdade. Mas trouxe também a dedicação de pessoas com compaixão. Pessoas que sabem consolar as dores de irmãos e irmãs que  sofrem o efeito da covid19 com a perda de familiares. Outras são transformadoras da paralisia atual e buscam recursos para mitigar a fome dos desempregados e empobrecidos pelo efeito da pandemia. Há milhares de famintos e de desabrigados perambulando nas ruas das cidades. O mundo ecoa o grito dos excluídos, a  fome dos famintos e a miséria dos mais empobrecidos. Só de Deus vem a compaixão.

De Deus vem também o socorro de enviados a servirem os irmãos e irmãs em sua dor. E serão esses enviados ao serviço dos mais empobrecidos, que  amanhã poderão ser um santo ou uma santa de devoção em nossos altares.

Bem vindo os que nascem para servir, esquecendo-se de si e indo ao encontro do irmão. Estes certamente serão premiados pelo Pai.

ELZA DE MELLO
Postado por ELZA DE MELLO


EXPRESSO COLETIVO ICARENSE
CDL