• Coluna de Maso Nyetto - 29 de dezembro/2017

Coluna de Maso Nyetto - 29 de dezembro/2017

29 Dez, 2017 09:48:06 - Colunistas

 “O Cartório Eleitoral de Içara também está aberto para quem necessita fazer o cadastramento biométrico. É importante que os eleitores já se antecipem e realizem essa ação, evitando maiores transtornos”. Marcos Antônio da Silva Moraes,  chefe do Cartório Eleitoral de Içara (SC). 

O presidente da Câmara Legislativa de Içara

vereador Alex Ferreira Michels (PSD) devolveu a quantia de R$ 269.098,29 de sobra em 2017 ao Poder Executivo. O valor do cheque para devolução, assinado nesta quinta-feira (28/12), representa 4,77% do orçamento anual de R$ 5.640.000. Foram ao todo R$ 5.371.901,71 aplicados no exercício. Isto significa um aumento de 0,58% referente a 2016, quando os gastos atingiram R$ 5.340.800.

“Traçamos uma meta inicial que era manter o mesmo que foi gasto no ano anterior, quando se tinha 11 vereadores. Sabíamos que não seria fácil. Com 15 vereadores tivemos a ampliação de gabinetes e aquisição de equipamentos para mais quatro vereadores e seus assessores, além de fazer a rescisão dos comissionados que nos foi deixada pela gestão passada”, coloca o presidente Alex Ferreira Michels (PSD), ao jornalista Lucas Lemos, do Cana Içara.

“Devolvemos ao Poder Executivo R$ 268 mil com a certeza de que podemos fazer o público funcionar gastando menos e com eficiência. Agora vamos realinhar nossas metas e objetivos para que em 2018 possamos fazer ainda melhor!”, completa Michels que tem mais um ano na presidência mesa diretora do Legislativo.

A previsão orçamentária ao próximo ano é para o aumento do recurso disponível ao Legislativo em 28,57%, ou seja, para R$ 7,2 milhões.

O único projeto pendente
do Poder Executivo na Câmara Municipal de Içara (SC), que altera a regra do vale alimentação aos professores da rede municipal de ensino, deve ficar para ser votado somente em 2018.

O prefeito Murialdo Canto Gastaldon (MDB) até que tentou fazer com que os vereadores participassem de uma sessão extraordinária nesta quinta-feira (28/12), para a segunda votação. Mas não teve êxito.

Os servidores
estão vigilantes para que a votação não ocorra nesta sexta-feira (29/12), o que é bem improvável, mas em se tratando em manobras políticas, todo descuido é pouco. Uma sessão convocada pelo Executivo só pode ocorrer após três dias.
Parece que o projeto não entrou em segunda votação ao fato dos vereadores terem aguardado uma posição do Sindicato dos Servidores Públicos (Sindiserpi).

Quinta-feira foi o último dia do ano para atendimento bancário
com expediente normal para a realização de todas as operações bancárias solicitadas pelos clientes. Já na sexta-feira (29/12), as instituições financeiras não abrem para atendimento ao público. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ressalta que as contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo), além dos carnês que estiverem com vencimento nas datas em que as agências estiverem fechadas, poderão ser pagos no primeiro dia útil seguinte ao feriado, ou seja, no dia 2 de janeiro, sem a incidência de multa por atraso.

Vale lembrar que os tributos já vêm com data ajustada em relação ao calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

A Febraban orienta, ainda, que o público pode utilizar os caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados) para realizar operações bancárias. Além disso, as contas que possuem código de barra poderão ser pagas nos próprios caixas automáticos.

Já em relação aos boletos bancários, os clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão fazer o agendamento pelos canais eletrônicos ou pagá-los por meio do Débito Direto Autorizado – DDA.

Frase
“O sentenciado implementou o requisito objetivo necessário à concessão do livramento condicional, qual seja, o cumprimento de um terço da pena que lhe foi imposta. Isto é, considerada a pena efetivamente cumprida (4 anos, 4 meses e 4 dias) e o total de dias remidos pelo trabalho e estudo (331 dias)”, decidiu o ministro.”. (Ministro do STF, Luís Roberto Barroso ao conceder liberdade ao ex-diretor do BB, Henrique Pizzolato.”

Outras NOTÍCIAS

Morro da Fumaça (SC) - O presidente da Câmara de Vereadores de Morro da Fumaça (SC), José Carlos Bortolin (PMDB), o Calita, e o primeiro secretário da Casa, Edivaldo Marcolino, o Vado (PMDB), com os R$ 15 mil desta semana devolveram R$ 100 mil em 2017 ao prefeito Agenor Coral (PP), o Noi.

Brasília (DF) - A Polícia Federal informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ter  achado indícios de que o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) pode ter lavado R$ 6,3 milhões por meio de alugueis de máquinas agrícolas para suas fazendas, na Bahia. No apartamento dele foram encontrados R$ 51 milhões depositados em malas.

Brasília (DF) - Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que o decreto de indulto natalino, assinado pelo presidente Michel Temer, é 'genérico e abrangente, extrapolou os limites da política criminal e se destina para favorecer, claramente, a impunidade'.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


JInews