• Coluna de Maso Nyetto - 27 de janeiro/2017

Coluna de Maso Nyetto - 27 de janeiro/2017

27 Jan, 2017 14:56:37 - Colunistas

“O PMDB de Içara tem uma forte identificação com o Vitamina e reconhece o seu belo trabalho em frente a Cermoful”. Gentil da Luz". Gentil Dory da Luz, presidente da Executiva Municipal do PMDB, sobre o apoio a chapa 1 encabeçada pelo presidente Ricardo Canto Bitencourt, o Vitamina, que busca a reeleição na cooperativa de eletrificação de Morro da Fumaça (SC).

Lideranças do PMDB apoiam 

o candidato à presidência da Cooperativa Fumacense de Eletricidade (Cermoful), Ricardo Bitencourt, o Vitamina, que é primo do prefeito Murialdo Canto Gastaldon (PMDB). A homologação ocorreu durante a reunião do Diretório Municipal, realizada no Plenarinho da Câmara Legislativa. O encontro contou com a participação de vereadores e também do deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB. Por lá já saiu denúncia de compra de votos com gasolina por parte da chapa 2. Essa prática, que é velha, tem que ser apurada.

Chapa 1: Ricardo Bitencourt e Rudi Recco, Chapa 2: Pedro Patrício e Narciso Maccari, e Chapa 3: Marcelo Pellegrin e Claudino Sartor. A assembleia geral ocorre nesta sexta-feira (28/1) e a eleições será no sábado (29).

A eleição para a definição do novo Conselho Fiscal da Cooperaliança ainda não tem data marcada, possivelmente deve ocorrer em março. Duas chapas definidas como oposição já começaram a serem articuladas para o Conselho Fiscal da Cooperaliança. 

Vereador João Picollo (PT)
afirmou que a segurança pública em Balneário Rincão pede socorro. 

“Temos que dar um basta nisso! Já é hora de nosso município receber do Governo do Estado sistema de monitoramento por câmeras de vigilância em locais estratégicos de nosso município para coibir crimes como este (que envolveu duas jovens). Este será um de meus primeiros encaminhamentos como vereador nesta Legislatura. Quero o apoio da população rinconense, bem como de todos que visitam e veraneiam em nosso município”. 

Em 19 de dezembro

a Promotoria Pública pediu o bloqueio de R$ 600 mil de nove réus da Operação Moralidade, entre eles empresários e agentes públicos e. Além disso, o Ministério Público requer a impossibilidade de o ex-prefeito Gentil Dory Da Luz assumir função pública, de contratar com o Poder Público ou ainda receber benefícios fiscais.

A mesma penalidade é requisitada para Micélia da Silva Luiz, Paulo Cezar Balsan, Emerson de Jesus, o Mema, Jorge Rodrigues, Júlio Cesar Cavaler, Joel Antônio Casagrande, Paulo Preis e Helio Recco.

A terceira Câmara (1)
de Direito Público do Tribunal de Justiça (TJ) de Santa Catarina, por maioria dos votos, negou provimento ao recurso do ex-prefeito de Orleans, Jacinto Redivo, o Tinto (PSD), ingressado devido à condenação feita pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Orleans (SC), em 2014, por nepotismo. Na época, a Justiça entendeu que o ex-coordenador de Marketing da Prefeitura, Israel Machado, mantinha união estável com a filha de Tinto. A ação de improbidade administrativa foi mo-vida pelo Ministério Público (MP).

Entre os meios de prova reunidos, foram utilizados os perfis dos envolvidos na rede social Orkut, nos quais os implicados apresentavam-se publicamente como casados. A ação de improbidade somente foi movida porque Redivo não acatou a recomendação do MP para exonerar o genro.

De acordo com Ramirez Zomer, advoga-do do ex-prefeito, o TJ manteve a sentença da primeira instância, suspendendo os direitos políticos por três anos e aplicando multa de duas vezes a remuneração da época. 

Quanto à perda de cargo público, o TJ afastou, pelo fato de o pessedista não ocupar mais a chefia do Executivo. “O acordão deve ser publicado no Diário da Justiça. Depois disso, temos 15 dias úteis para recorrer, o que será feito no Supremo Tribunal Federal”, comenta Zomer.

Frase
“O patrimônio dos membros da organização criminosa comandada por Sérgio Cabral é um oceano não completamente mapeado. ” (Procurador Leonardo Freitas, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato sobre os bens do ex-governador do Rio de Janeiro-RJ, que está preso na Penitenciária Bangu ).

Outras NOTÍCIAS

Sangão (SC) -
 Os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina aprovaram as resoluções que dispõem sobre as eleições suplementares nos municípios catarinenses de Bom Jardim da Serra (SC) e Sangão (SC). Os pleitos ocorrerão no dia 2 de abril de 2017 e seguem os mesmos trâmites das eleições ordinárias.

Florianópolis (SC) - A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou o projeto de lei que cria mecanismos de divulgação e combate a violência obstétrica e já está valendo. Conforme a ex-deputada e autora do projeto, Angela Albino (PCdoB), o objetivo é evitar que as mulheres sofram constrangimentos s por parte da equipe médica e até de familiares.

Florianópolis (SC) - 
Réu em um processo de improbidade administrativa desde 2011, o ex-prefeito da Capital e atual senador Dário Berger (PMDB), em conjunto com mais 14 réus, teve R$ 18 milhões bloqueados por determinação da Justiça. O processo envolve a empresa Engebrás, que teria sido contratada irregularmente por Berger.


TEXTO: MASO

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


CDL Içara