• Coluna de Maso Nyetto - 24 de abril/2018

Coluna de Maso Nyetto - 24 de abril/2018

24 Abr, 2018 10:00:10 - Colunistas

 “A demanda foi apresentada pelo deputado estadual Dóia Guglielmi, pelo André Mazzuchello Jucoski, o Polakinho, e demais lideranças tucanas do município. Como a minha principal bandeira é a saúde e por saber da importância do Hospital São Donato para a nossa região, destinei o recurso. Hoje comemoro a repasse com os içarenses”. Deputada federal Geovania de Sá (PSDB/SC), que repassou R$ 290 mil ao Hospital São Donato proveniente de emenda parlamentar.

O novo Conselho Fiscal da Cooperaliança

eleito pelos associados no dia 10 de março de 2018, realizou a primeira reunião de trabalho, junto com o Conselho Administrativo, na última semana. 

O encontro serviu para definiu funções, norteou as atividades que serão efetuadas ao longo do ano e serviu para que os integrantes tomassem conhecimento da gestão.

A coordenação ficará com a responsabilidade do conselheiro Eduardo Zacarias, enquanto Jucélia Melo Cardoso será a secretária. “Vamos atuar em conjunto, visando melhorias em benefício dos mais de 37 mil associados que hoje existem na área de abrangência da Aliança. Queremos fiscalizar tudo que envolve a cooperativa de forma transparente e assim ajudar com ideias e ações para auxiliar o andamento dos trabalhos”, pontuou o coordenador.

O presidente da Cooperaliança, Jorge Rodrigues, fez uma explanação da atual situação. “Nosso objetivo é formar uma parceria com o conselho, para que juntos possamos seguir fazendo uma gestão pautada no bem comum. Toda a administração e equipes setoriais estarão a disposição para colaborar com a fiscalização dos serviços” ressaltou Rodrigues.

Além da coordenação e secretária o conselho conta também com os membros: Jucemar Vargas, Edileusa Da Rolt Prudêncio, Natália Dagostim e André Jucoski. O grupo foi eleito com mais de 80% da preferência,  em Assembleia Geral Ordinária (AGO), somando um total de 2.244 votos dos associados 

Os policiais militares de Içara (SC)

Lucas Nunes Pereira e Lucas Luiz da Silva Viana receberam uma moção da Câmara Legislativa parabenizando pelo salvamento de uma mulher, que se afogava na orla da Zona Sul de Balneário Rincão (SC). A moção foi entregue pelos vereadores na última semana, antes da reunião que tratou sobre segurança pública da cidade. 

O autor da homenagem foi o Presidente do Legislativo, Alex Ferreira Michels (PSD). A entrega contou com a presença de comandantes da Polícia Militar de Içara/Balneário Rincão e de representantes do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg).  

O aumento do número de ocorrências com crimes relacionados a furtos e assaltos em Içara (SC) está deixando a população apreensiva. Para coibir essas ações a Polícia Militar está sempre fazendo análise de dados para tentar evitar novas ocorrências.

“Com os dados é possível realizar rondas mais direcionadas e até mesmo montar cercos”, comentou o Comandante da 1º Companhia da Guarnição Especial de Içara/Balneário Rincão Capitão Alberto Cardoso Cichella. Ele informou sobre a importância da vítima de furto ou roubo ligar para o 190. “A ligação entra em nossas estatísticas e serve de análise de dados para as ações da Polícia Militar”, explicou.

“Vamos formar uma comitiva de vereadores, Poder Executivo, entidades organizadas e deputados estaduais e federais do Sul, para juntos cobrarmos mais investimentos na segurança. É preciso mais viaturas e reforço no armamento para nossa região”, comentou o autor do requerimento, vereador Rodrigues Mendes (MDB).

Cadê o Poder Público que não se disponibiliza em comprar câmeras de segurança? É uma Administração omissa. Não pode alegar que falta recursos.

Frase
“Não é justo um modelo em que o indicado julgue as ações de quem o indicou. A vitaliciedade é outro mal que precisa ser combatido, porque causa comodismo. É preciso frequentemente oxigenar o sistema”. (Deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC), sobre a PEC que institui concurso público para a composição do Supremo Tribunal Federal).

Outras NOTÍCIAS

Içara (SC) - Depois que o Tribunal de Justiça decidiu que dispositivos das leis 101/2014 e 126/2015 que autorizam o Governo de Içara a fazer contratações temporárias são inconstitucionais, a expectativa se volta para o julgamento do recurso do Ministério Público (MP) na Ação Civil Pública.

Florianópolis (SC) - Está na pauta para julgamento no Tribunal de Tribunal de Contas uma representação contra a lei 3.420/2014 editada pela Administração Municipal desrespeitando a Constituição Federal no artigo 37 ao proporcionar a alguns servidores progressão de cargos por titulação.

Curitiba (PR) - A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal do Paraná, negou os pedidos da ex-presidente Dilma Rousseff e da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados para visitar o ex-presidente Lula da Silva (PT) na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR).

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


CDL Içara