• Coluna de Maso Nyetto - 18 de maio/2018

Coluna de Maso Nyetto - 18 de maio/2018

18 Mai, 2018 09:53:28 - Colunistas

 “Tenho batido na tecla das obras inacabadas em nosso município, uma obra precisa ter começo, meio e fim. Acho um desrespeito enorme com a população iniciar-se um obra pública, com dinheiro público e deixá-la inacabada, abandonada sem se quer dar uma explicação do porque da paralisação”. Vereador  Eduardo Michels Zata (PP), sobre o Projeto de Lei PL 021/2018, que estabelece obrigatoriedade na colocação de placas em obras públicas paralisadas em Içara (SC).

Os 130 anos da Lei Áurea

o dia da abolição da escravatura foi celebrado em 13 de maio no Brasil. E a data foi lembrada na Câmara Legislativa de Içara (SC) com uma palestra com a presidente da ONG de Mulheres Negras (MUNMVI), Maria Estela Costa da Silva. Com o tema “Reflexões de uma Abolição Inacabada”, Maria da Silva discorreu sobre a questão social e racial. E fez um paralelo da história da abolição da escravatura até chegar aos dias atuais. “São questões que precisam ser debatidas, como a falsa democracia do país. Será que somos todos iguais?”, questionou. Ela acrescentou sobre a necessidade de fazer uma reflexão sobre a questão social e racial. “Levar as pessoas a pensar sobre a real situação que existe no Brasil”.

Para o requerente da palestra, o vereador Lauro Nogueira (PT), é importante abrir esse debate para que os negros tenham espaço para discutir a posição econômica, social e as políticas de saúde e de educação. “Em nossa cidade a população negra é bastante atuante, o Movimento de Consciência Negra Chico Rosa realiza um grande trabalho”, enfatizou Nogueira, que é médico ginecologista. 

A palestra contou com a participação dos alunos do terceiro ano da Escola  Estadual Professora Salete Scotti dos Santos e do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A Cooperaliança
concluiu a entrega dos 300 refrigeradores do Programa de Eficiência Energética (PEE). A intenção do programa é fazer com que refrigeradores antigos sejam substituídos por novos com selo Procel/Inmetro. Conforme o gerente da cooperativa, Reginaldo de Jesus, o Dedê, as famílias beneficiadas contam com geladeiras mais econômicas e com isso reduzem o valor nas faturas de energia".

O descarte dos refrigeradores e das lâmpadas, será feito de forma adequada por uma empresa especializada em Curitiba (PR).

Falando em Cooperaliança
o Hospital São Donato deve cerca de R$ 300 mil em faturas atrasadas desde junho de 2017. O diretor adiministrativo Júlio César De Luca disse que reconhece a dívida, que, segundo ele, é mais baixa devido aos valores doados pelos consumidores, mas que está aguardando recurso do Governo do Estado e acrescenta que não tem previsão de acerto.

O presidente da Cooperaliança, Jorge Rodrigues, afirmou que está aberto para discutir a melhor forma de saldar a dívida. “O hospital pode ir pagando um pouco por vez, para diminuir o débito”, comentou JR.

Os policiais

Lucas Viana e Lucas Pereira receberam uma moção por bravura na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), por indicação do deputado Luiz Fernando Cardoso (MDB), o Vampiro, na última quarta-feira (16/5), em Florianópolis (SC).

Eles foram responsáveis pelo salvamento de uma mulher que estava se afogando em Balneário Rincão (SC) no dia 8 de abril. Ambos já haviam recebido a mesma moção das Câmaras de Vereadores de Içara (SC) e de Rincão (SC).

Frase
“Precisamos dar atenção a áreas mais sensíveis, como a segurança e a saúde. E este é mais um passo para o aprimoramento da segurança em Santa Catarina. Essas câmeras de segurança vão dar mais tranquilidade à população. A criminalidade está sendo enfrentada com tecnologia e a comunidade fica mais segura”. (Governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), ao inaugurar as Centrais de Videomonitoramentos de Siderópolis, de Morro da Fumaça e de Nova Veneza).

Outras NOTÍCIAS

Florianópolis (SC) - Em visita a Florianópolis (SC) para a abertura da 90ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção, o presidente Michel Temer liberou verbas para a conclusão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú (SC) e para o programa Avançar Cidades, que beneficiará oito municípios.

Brasília (DF) - Após dois anos e seis meses de investigação, a Polícia Federal concluiu que a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, se beneficiou de dinheiro desviado em contratos do Ministério do Planejamento, ocupado pelo marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, configurando como lavagem de dinheiro e crime eleitoral.

Brasília (DF) - A Quarta Seção do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) negou o último recurso do ex-ministro José Dirceu e determinou a execução imediata da pena de prisão.A juíza Gabriela Hardt determina que ele se apresente à PF até as 17h desta sexta(18) para iniciar cumprimento de pena.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


Cooperaliança