• Coluna de Maso Nyetto - 16 de maio/2017

Coluna de Maso Nyetto - 16 de maio/2017

16 Mai, 2017 09:44:14 - Colunistas


“Içara faz uma reflexão do que vem acontecendo a nível nacional. E nós do PP de Içara podemos andar de cabeça erguida porque nos quatro cantos do município há obras progressistas. Mas não porque houve milagre e sim porque fizemos igual à dona de casa faz, com planejamento”. Heitor Valvassori, ex-prefeito e ex-presidente da Executiva  do Partido Progressista (PP), em Içara (SC).

O Movimento Içarense Pela Vida (MIV)

sumiu do mapa e a última manifestação ocorreu em agosto de 2014 contra a vinda da empresa norte-americana Transgas Development Systems. De lá para cá a entidade sumiu do mapa, ficando no anonimato. 

O Movimento Içarense Pela Vida (MIV) foi criado por um grupo de agricultores de Santa Cruz para combater a “possível degradação” que a Mina 101, das Empresas Rio Deserto, causaria  ao meio ambiente. Com a chegada de Murialdo Galtaldon ao Paço Municipal, eleito pelo PT, em 2013, o MIV foi reduzindo a participação até sumir do mapa.

É importante ressaltar que representantes do MIV fazem parte do Executivo e Legislativo, poderes omissos, e foram responsáveis pela saída de Gilmar Bonifácio e José Renato Brígido da entidade. “Se tem pessoa que dá a palavra e depois muda o discurso o MIV não vai mudar, aqui não tem partido político e sim um grupo que luta pelo meio ambiente, e todos que forem a favor das causas ambientais são bem vindos. O prefeito vai sentir as consequências, vai contramão do discurso que o governo de Içara pregava. A procuradoria do município entrou com uma ação cautelar em Florianópolis pedindo o fechamento da Mina 101, que funciona através de uma liminar. Como é que pode, pediu o fechamento da Mina 101 e avaliza a vinda da Transgas, como é que vai se explicar para a comunidade que está trazendo uma mineradora, quando dizia ser contrário”, comentou Brígido, em 2014, afirmando que o prefeito petista (hoje no PMDB), é a maior decepção para o MIV, bem pior que Heitor Valvassori (PP) e Gentil da Luz (PMDB). “Alguém vai pagar o preço por isso e vai ser bem alto. Eu ia direto com o Murialdo no Ministério Público, para mim é a maior decepção”, comentou, na época Brígido 

Bonifácio, disse em 2014, que  prefeito Murialdo Gastaldon e o procurador da Valterney Réus devem uma explicação a toda a sociedade, eles faltaram com o compromisso de proteger o meio ambiente. ”O prefeito se tornou garoto propaganda vergonhosamente de uma empresa que vai trazer muitos malefícios para a cidade, mostrou que é um traidor”, ressaltou Bonifácio.

No início de dezembro de 2014, o vice-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, e uma comitiva de empresários e políticos estiveram em Nova York, nos Estados Unidos, na sede da multinacional, para reforçar o pedido de instalação em Içara (SC). Depois de diversos manifestos contrários o presidente da multinacional Transgas Development Systems, Adam Victor, recuou do negócio e nunca mais deu o ar de sua graça. O mesmo ocorreu com o Movimento Içarense Pela Vida, que por falta de lideranças, sumiu sem dar adeus. Vamos ver até quando.

Frase
“Se tem um ser humano que está em busca da verdade sou eu". (Ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva-PT/SP, apontado como o pivô da Operação Lava Jato, declarando inocência nos processos do juiz Sérgio Moro).

Outras NOTÍCIAS

Criciúma(SC) - Se depender do prefeito de Criciúma (SC), Clésio Salvaro (PSDB), será dura a negociação com o Sindicato dos Servidores Municipais, que está em estado de greve desde a última semana. Ele informou que os dias parados serão descontados.

Florianópolis (SC) - Levantamento realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou que o Partido da República (PR) foi o segundo partido que mais filiou pessoas em Santa Catarina entre janeiro de 2016 a abril de 2017. Foram 4.330 novos filiados.

Brasília (DF) - A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula da Silva por suposto envolvimento na venda da Medida Provisória 471 em um desdobramento da Operação Zelotes. Além de Lula, a PF indiciou outras 12 pessoas, entre empresários e lobistas.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


EXPRESSO COLETIVO ICARENSE